uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Uma apaixonada pela cozinha que se dedicou à alimentação saudável
Mónica Venda ganhou o prémio de produto inovação nos Food Nutrition Awards

Uma apaixonada pela cozinha que se dedicou à alimentação saudável

Galardão Empresa do Ano - Jovem Empresária

Edição de 08.02.2018 | Especial Galardão Empresa do Ano

Mónica Venda, 37 anos, é responsável pela Veganchee Bio, marca criada no final de 2016 que desenvolve produtos de origem 100 por cento vegetal e biológicos, sem aditivos químicos nem compostos animais, a partir das suas instalações na Glória do Ribatejo, concelho de Salvaterra de Magos.
São alternativas vegetais aos queijos e iogurtes, com cores, aromas e sabores próprios, que não contêm leite nem qualquer outro produto de origem animal, sendo adequados para vegans, pessoas com alergias ao leite ou para quem pretenda uma alimentação mais saudável.
Mónica Venda nasceu em Vila Franca de Xira mas a sua vida foi praticamente toda passada na Glória do Ribatejo. Licenciou-se em Engenharia do Ambiente e sempre trabalhou nessa área, durante 13 anos, até ter abraçado outros desafios.
Um problema de saúde obrigou-a a mudar de hábitos alimentares, tendo deixado de consumir produtos de origem animal. Diz que melhorou graças a isso e a partir daí nasceu a ideia de criar a sua empresa. “O que aconteceu comigo levou-me a acreditar seriamente que somos realmente o que comemos”, explica.
Mónica é uma apaixonada por cozinhar e a primeira coisa que sentiu foi a falta do queijo na sua dieta. Isso levou-a a questionar por que motivo não havia uma boa alternativa no mercado e criou-a.
Em Outubro de 2016 concorreu com os seus queijos ao concurso Incubar+Lezíria, da Nersant, e saiu vencedora. Mais tarde ganhou o prémio de produto inovação nos Food Nutrition Awards. Mónica contou, desde a primeira hora, com o apoio da Nersant na criação do seu negócio que tem crescido de forma sustentada.
Formou-se entretanto em Higiene e Segurança no Trabalho e fez outras formações necessárias para poder laborar no ramo. Os queijos são feitos com sementes de sésamo e a base dos iogurtes é aveia, adoçada com folha de stevia. “Os iogurtes têm sabores completamente diferentes, uns mais neutros e outros com amêndoa, canela e limão, curcuma e pimenta preta, beterraba, morango e amoras”, conta. O seu objectivo é continuar a inovar e criar novos produtos e ideias para explorar no mercado.
“Ponho naquilo que faço tudo o que tenho. Dou o melhor de mim. Num negócio tem de ser assim. Estou a entregar-me de corpo e alma a este projecto e para o negócio avançar tem mesmo de ser assim”, refere.
A Veganchee Bio ainda não está presente nas grandes cadeias de distribuição mas apenas no mercado biológico, sobretudo na zona de Lisboa. Gerir o negócio requer muita prudência e Mónica não dá um passo maior que a perna.
Os pais - Ermelinda e Alexandre Venda, juntamente com o filho Martim, amigos e a sua avó são o seu grande pilar de apoio. “Quando se pensa em vegetarianismo só se pensa em saladas, alfaces, couves. Não é verdade. Há imensas coisas que podem ser feitas e nos preenchem a alma”, conclui.

Uma apaixonada pela cozinha que se dedicou à alimentação saudável

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...