uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Está lançada a corrida à liderança do PSD de Santarém
Susana Pita Soares

Está lançada a corrida à liderança do PSD de Santarém

A ex-vice-presidente da câmara, Susana Pita Soares, diz que não se revê na actual liderança e avança como candidata para unir o partido. O mais provável é que não vá correr sozinha mas para já não há mais candidatos assumidos.

Edição de 08.02.2018 | Política

Susana Pita Soares é a primeira candidata assumida à liderança da comissão política concelhia do PSD de Santarém cujas eleições devem decorrer até final de Março. A candidata foi vice-presidente da Câmara de Santarém no anterior mandato autárquico mas não fez parte das escolhas do partido para o actual mandato, estando actualmente a dar aulas em Alpiarça, a exercer advocacia no seu escritório em Santarém e a fazer um doutoramento.
A O MIRANTE, Susana Pita Soares diz que a sua candidatura “não é contra ninguém” e que visa “unificar o partido” mas reconhece também que não se revê na forma como a actual comissão política, liderada por José Gandarez, tem conduzido o partido. “Ou há uma viragem ou não auguro nada de bom para o PSD em Santarém. Não pode haver um PSD da Câmara de Santarém e um PSD da comissão política concelhia. Tem que haver diálogo, coisa que não tem havido nos últimos anos”, declara a candidata, que critica o ambiente reinante de “guerrilha”, “facadinhas” e “ódios pessoais”.
Susana Pita Soares deixa também já uma declaração de interesses, garantindo que não anda à procura de cargos. “Não me move ser candidata a vereadora ou a presidente da câmara mas sim contribuir para mudar o actual estado de coisas no PSD”, diz, acrescentando que pretende incutir ao partido sangue novo, com entrega, desprendimento e elevado sentido moral e de ética. Para isso, diz, tem já apoios garantidos estando em curso a fase de elaboração da lista.
O PSD de Santarém tem estado envolvido em constantes polémicas e disputas internas nos últimos anos, a última das quais resultou na demissão de João Leite da vice-presidência da comissão política concelhia e da liderança da bancada do partido na assembleia municipal, por divergências com o presidente da concelhia José Gandarez.
Para já não há mais nenhum candidato conhecido mas O MIRANTE sabe que Diogo Gomes, um jovem próximo de João Leite, manifestou há umas semanas a sua disponibilidade para liderar uma lista de consenso, tendo escrito ao presidente da câmara, Ricardo Gonçalves, e ao presidente da assembleia de militantes, Nuno Serra, a dar conta dessa intenção. Nenhum dos dois se comprometeu com o seu apoio e fontes do partido consideram que Diogo Gomes tem poucas hipóteses de reunir apoios que suportem uma candidatura ganhadora.

Está lançada a corrida à liderança do PSD de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...