uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Rotura em conduta de esgotos causa litígio entre vizinhos em Aveiras de Cima
Problema. Esgoto corre a céu aberto em Aveiras de Cima e proprietário recusa reparar

Rotura em conduta de esgotos causa litígio entre vizinhos em Aveiras de Cima

O MIRANTE esteve no local e testemunhou o mau relacionamento entre os moradores da Rua da Ameixoeira.

Edição de 08.02.2018 | Sociedade

Esgotos na rua, mau cheiro e muita tensão entre vizinhos. Têm sido assim os últimos dias na Rua da Ameixoeira, em Aveiras de Cima, concelho de Azambuja. Na origem dos desentendimentos está uma rotura numa conduta de esgotos que o proprietário da mesma, António Nascimento, de 87 anos, se recusa a reparar.
O MIRANTE esteve no local no dia 31 de Janeiro, e testemunhou uma discussão entre o proprietário e um dos vizinhos. “Ele tem que admitir que isto é dele. Há mais de dois meses que tenho a água dos esgotos a passar à minha porta. Passam aqui crianças quando vão para a escola, passam outras pessoas, e ninguém quer saber disto para nada”, afirmou Jorge Frederico depois de António Nascimento lhe ter fechado a porta na cara.
Silvino Lúcio, vereador da Câmara Municipal de Azambuja, e responsável pelo pelouro da Água e Saneamento, também esteve no local. O autarca, que foi alertado para a situação na reunião de câmara de 16 de Janeiro, receia que as discussões entre vizinhos resultem em algo mais grave. Para Silvino Lúcio a indignação por parte dos habitantes é legítima uma vez que existe um “cheiro nauseabundo a esgoto” e várias pessoas utilizam a rua. O vereador referiu que a câmara tudo fará para resolver a situação e caso António Nascimento mantenha a intransigência serão chamados ao local uma delegada de saúde e a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Rotura em conduta de esgotos causa litígio entre vizinhos em Aveiras de Cima

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...