uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Elevadores da estação de Vila Franca de Xira continuam a ser uma dor de cabeça
Utilizadores continuam a ser privados com frequência de elevadores que funcionem em condições

Elevadores da estação de Vila Franca de Xira continuam a ser uma dor de cabeça

Passageiros estão habituados a problemas frequentes ainda sem fim à vista. Sempre que o elevador avaria as pessoas com mobilidade reduzida e carrinhos de bebé ficam sem alternativas.

Edição de 01.03.2018 | Sociedade

Os elevadores da passagem superior pedonal da estação de comboios de Vila Franca de Xira continuam a avariar e o município vai reclamar junto da empresa responsável pela sua manutenção uma melhor intervenção nos equipamentos. Há duas semanas um dos elevadores voltou a avariar e esteve sem funcionar durante dois dias, o que gerou grandes transtornos a todos os que têm mobilidade reduzida, sacos de compras, malas de viagem ou carrinhos de bebé. Não há alternativas perto sem ser dois lances de escadas íngremes.
O presidente da câmara, Alberto Mesquita (PS), diz que o problema dos elevadores é a falta de civismo e o vandalismo “indescritível” que aquele equipamento sofre diariamente. “Temos insistido junto da Infraestruturas de Portugal para que os elevadores sejam reparados e mantidos na medida do possível. Já sobre o vandalismo não há nada a fazer, são pessoas estúpidas que destroem o património que é de todos”, critica o autarca.
Joaquim Cruz Resende, técnico de infraestruturas e utilizador diário do comboio, diz a O MIRANTE que uma das causas para as avarias pode residir na forma como a caixa do elevador foi desenhada. “Muito estreita, pouco ventilada e muito baixa, obrigando o elevador a fazer viagens muito curtas e com capacidades demasiado elevadas, gerando muito peso”, defende.
O presidente da câmara desconhece se a culpa das avarias constantes é de um erro de desenho. “Provavelmente deviam ser substituídos e redimensionados mas não temos informação sobre isso. Uma remodelação dessas, a ter lugar, obrigaria a parar os elevadores durante muito tempo e a criar uma perturbação enorme para as pessoas. Mas vamos tentar perceber”, explica o autarca.
A Infraestruturas de Portugal, responsável pelo equipamento, já tinha explicado a O MIRANTE que a manutenção dos elevadores é regular e que sempre que os mesmos avariam os técnicos são enviados ao local com urgência. Na maioria dos casos o problema é do vandalismo que aqueles equipamentos sofrem no período nocturno.
Também Manuela Ralha, vereadora do município e presidente da associação Mithós, confessa que as falhas recorrentes dos elevadores da estação “continuam a causar vários transtornos e constrangimentos” à mobilidade. “É um assunto que nos continua a preocupar sobejamente”, admite.
Para Maria Mota, 68 anos, utilizadora do comboio, “é uma pena” os elevadores estarem frequentemente avariados porque a passagem superior é “muito boa”. “É bonita e funcional e tomara muitas estações do país terem uma passagem como esta. Mas infelizmente os elevadores estragam tudo”, conta.

Elevadores da estação de Vila Franca de Xira continuam a ser uma dor de cabeça

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques