uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Subsídio camarário para Festas de Coruche gera polémica
Festas em honra de Nossa Senhora do Castelo são o ponto alto de Coruche

Subsídio camarário para Festas de Coruche gera polémica

Município vai atribuir cem mil euros às festividades em honra de Nossa Senhora do Castelo que se realizam a meio de Agosto.

Edição de 01.03.2018 | Sociedade

O subsídio de 100 mil euros que a Câmara de Coruche vai disponibilizar este ano para a Comissão de Festas de Coruche, para ajudar a financiar as Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo, gerou polémica na última reunião do executivo municipal. Em causa está o facto de ser um valor bastante elevado em relação ao que é disponibilizado às outras colectividades do concelho.
Segundo o presidente do município, Francisco Oliveira (PS), as Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo já representam o próprio concelho e por isso merecem que sejam grandiosas. “Não queremos que sejam as festas da aldeia”, justifica. Quanto ao aumento, refere que em 2012 a comparticipação às colectividades foi reduzida em nove por cento devido à contenção financeira mas este ano já se desbloqueou essa medida. Por isso, admite, todos os subsídios às colectividades foram aumentados, tal como o atribuído à comissão de festas.
O primeiro a abordar o assunto foi o vereador Moreira da Silva (CDU) que disse não entender por que razão nos últimos anos a autarquia tem vindo sempre a aumentar o subsídio destinado à Comissão de Festas quando os dias de festas são menos. Além disso, reforçou, não existe qualquer associação que seja subsidiada com um valor tão alto.
Já a vereadora Liliana Pinto (PSD) afirma não concordar com o modelo da festa tal como aconteceu no anterior mandato pois “a câmara não poupa nem tem melhores festas por estar entregue a uma associação”.
O subsídio de 100 mil euros vai ser entregue em três tranches. A primeira será entregue ainda no mês de Fevereiro no valor de 40 mil euros, a segunda em Maio e a terceira em Junho no valor de 30 mil euros cada. No ano passado as festas custaram cerca de 164 mil euros, tendo a autarquia contribuído com 92 mil euros e o restante foi angariado pela comissão.

Subsídio camarário para Festas de Coruche gera polémica

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques