uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Tomar quer projectar-se cada vez mais como destino turístico
EFEMÉRIDE. No 1 de Março comemorararm-se também os 96 anos dos Bombeiros Municipais de Tomar

Tomar quer projectar-se cada vez mais como destino turístico

Município celebrou no dia 1 de Março os 858 anos da fundação do Castelo Templário por D.Gualdim Pais.

Edição de 08.03.2018 | Cultura e Lazer

Tomar pretende projectar-se cada vez mais como um destino turístico a nível nacional e também internacional, aproveitando o potencial não só patrimonial, não só histórico, mas também cultural e natural. As palavras são da presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS), durante o discurso nas cerimónias oficiais do feriado municipal de 1 de Março, em que se assinalaram os 858 anos da fundação do castelo templário por D. Gualdim Pais. A autarca referiu que Tomar é um território de excelência para investir e viver.
“Este grande desafio traz-nos a obrigação de gerar equilíbrios, desde logo no equilíbrio que deverá existir entre residentes e quem nos visita. Despovoar, por exemplo, um centro histórico de habitantes em prol, única e exclusivamente, de estruturas ligadas ao sector do turismo é errado. Aliás, temos exemplos por todo o país e por todo o mundo deste facto e são exemplos que não devemos seguir”, realçou, acrescentando que, para que os equilíbrios surjam, é necessário o empenho de todos, o empenho do poder público e dos privados.
Anabela Freitas sublinhou as potencialidades do concelho de Tomar ao nível das novas tecnologias. “A nossa localização geográfica, a nossa proximidade, quer a aeroportos quer a portos de mar, a nossa rede ferro-rodoviária, são factores apelativos para as empresas. Tomar tem uma instituição de ensino superior – o Instituto Politécnico de Tomar – que nos proporciona um ambiente criativo e inovador e com capacidade de gerar conhecimento”, afirmou a autarca.
A presidente do município referiu que a conjugação destes factores coloca o concelho de Tomar nos lugares cimeiros como um território competitivo para a criação de um cluster tecnológico . “Este é um desafio que Tomar tem que abraçar. Tal como os nossos antepassados deram mundos ao mundo. Temos nós agora o dever de dar ao mundo as novas autoestradas da nossa Era”, concluiu.

Tomar quer projectar-se cada vez mais como destino turístico

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido