uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Atletas da casa dominaram Corrida das Lezírias
Pedro Gomes, Hugo Rodrigues e Vítor Almeida

Atletas da casa dominaram Corrida das Lezírias

Cerca de 2400 atletas de todas as idades participaram na prova com partida e chegada no Parque Urbano do Cevadeiro, em Vila Franca de Xira.

Edição de 08.03.2018 | Desporto

As previsões meteorológicas apontavam para uma manhã de chuva, mas São Pedro abriu uma excepção e possibilitou uma prova sem mau tempo para os cerca de 2400 inscritos na Corrida das Lezírias 2018 que se disputou domingo, 4 de Março, em Vila Franca de Xira. E se alguns temiam uma corrida molhada, para Francisco Casaca, de 78 anos, não há chuva, nem frio que o pare. Participante habitual nessa corrida, Francisco já perdeu a conta das vezes que percorreu a passo acelerado os caminhos que atravessam a lezíria de Vila Franca de Xira.
“Este ano participei na caminhada porque o meu coração anda a funcionar mal. Mas eu já não consigo viver sem esta corrida, porque eu adoro o atletismo”. Francisco revela que costuma ir para Santa Iria de Azóia treinar “dia sim, dia não” e que essa é a sua preparação para a Corrida das Lezírias. Uma prova que tem um sabor especial, não só pelas paisagens mas por toda a logística envolvente. “Ver o Tejo, sentir o ar puro nos pulmões e correr pelo campo é indescritível. E a organização da prova é sempre muito boa”, conclui, realçando que “enquanto o coração permitir” vai continuar a marcar presença.
E se na Corrida das Lezírias encontramos participantes veteranos no que toca ao número de participações, o oposto também é cada vez mais comum. João Pedro Simões tem 23 anos e este foi o seu ano de estreia. O jovem de Cheganças, Alenquer, tem síndrome de Down e não dispensa a presença da família, que o acompanhou na caminhada de 800 metros. “Gosto muito de estar aqui. Esta zona é muito bonita e eu adoro caminhar com a minha família”. Em conversa com O MIRANTE João adiantou que este ano foi o cunhado que o inscreveu e que para o ano conta participar novamente.

Corrida teve um vencedor da “casa”
O tiro inicial soou às 10h00 em ponto e os cerca de 1600 atletas inscritos para a maratona de 15,5 km arrancaram a todo o gás. Hugo Rodrigues, de 21 anos, desde cedo mostrou ao que vinha. O atleta do U.A. Povoense, natural de Vila Franca de Xira, esteve na frente durante todo o percurso e rasgou a fita da meta com um tempo de 51 minutos e 45 segundos. “A sensação de ganhar esta prova é espectacular. Ando a treinar bem e estou bastante focado nos meus objectivos. Esta é uma prova dura, mas a beleza do cenário é inspiradora “, afirmou ao O MIRANTE minutos após ter vencido.
A classificação geral masculina ficou completa com o segundo lugar de Pedro Gomes (CA Odimarq) e o terceiro de Vitor Oliveira (Ass. Vale Grande). Nas senhoras, também uma atleta da U.A. Povoense conquistou o primeiro lugar, mais concretamente Celina Rodrigues. Com um tempo de uma hora, três minutos e 34 segundos superiorizou-se a Sofia Hipólito (individual) e Ana Isabel Brás (CCDP Município de Cascais).

Canil municipal também participou
Além dos 15 quilómetros houve corridas paralelas, como a Corridinha (400m-800m) e a Mini-corrida (5km). A edição deste ano contou com a participação de cães do Canil Municipal de Vila Franca de Xira, que acompanharam cinco atletas na prova. “Participaram cinco cães na corrida e outros cinco cães estão na zona do passeio para todas as crianças e adultos que quiserem passear num circuito pré-definido. Actualmente temos 150 cães no canil e estas iniciativas são importantes para os munícipes ficarem a conhecer pessoalmente os animais”, afirmou ao O MIRANTE Ana Leonardo, veterinária do Centro de Recolha Oficial de Vila Franca de Xira.

Isabel Brás, Celina Rodrigues e Sofia Hipólito
Atletas da casa dominaram Corrida das Lezírias

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido