uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Portugueses no Luxemburgo chamam “Zé Mau” ao Juiz Carlos Alexandre
Juiz Carlos Alexandre partilhou a história quando subiu ao palco para receber o prémio Personalidade do Ano

Portugueses no Luxemburgo chamam “Zé Mau” ao Juiz Carlos Alexandre

Juiz Carlos Alexandre viajou de táxi com um português emigrado no Luxemburgo e ficou a saber que por lá o conhecem como o Zé Mau.

Edição de 08.03.2018 | Especial Personalidades do Ano

No final da entrevista que O MIRANTE fez ao Juiz Carlos Alexandre e que foi publicada no suplemento Retrospectiva e Personalidades do Ano, o mesmo confessou que tinha ficado a saber que era conhecido por “Zé Mau” entre a comunidade portuguesa no Luxemburgo e que a revelação lhe fora feita durante uma viagem de táxi entre o aeroporto daquele Estado e a cidade alemã de Schengen, a cerca de 35 quilómetros, onde fora participar numa conferência. A revelação surgiu depois de Rogério Beidacki, um amigo brasileiro que nos acompanhou na deslocação a Mação, ter pedido a Carlos Alexandre para tirar uma selfie.
Na quinta-feira, 1 de Março, na altura em que foi ao palco receber o Prémio Personalidade do Ano, o director-geral de O MIRANTE revelou-lhe que, uns minutos antes, a história (que não tinha sido publicada no suplemento) fora colocada online e Carlos Alexandre acabou por voltar a contá-la, fazendo rir as centenas de pessoas que enchiam a plateia do teatro.
Ele e um colega português tinham ficado de se encontrar no aeroporto com um colega francês que ia para a mesma conferência, a fim de partilharem o táxi mas quando ali chegaram ele já tinha ido para o seu destino.
Um taxista português que estava por ali, ouvindo-os conversar, e percebendo que precisavam do seu serviço, meteu conversa e, após terem combinado o preço da viagem, lá foram.
No caminho, o taxista tentou por inúmeras vezes saber quem era o rosto familiar da pessoa que levava no lugar do pendura. Conversa puxa conversa acabaram por dizer-lhe que se tratava do Juiz Carlos Alexandre. Exclamação pronta e surpreendente do taxista: “bem me parecia que o conhecia de algum lado. Então o senhor é que é o “Zé Mau”.
Mas o homem não ficou por ali. Depois de dizer que os amigos, colegas e família não iriam acreditar que ele tinha transportado o famoso “Zé Mau”, que tinha a seu cargo alguns dos casos mais mediáticos, nomeadamente o do BPN, de má memória para muitos emigrantes, pediu para tirar uma “selfie” que publicou no dia a seguir na sua página do facebook.

Portugueses no Luxemburgo chamam “Zé Mau” ao Juiz Carlos Alexandre

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido