uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Homenagem a Domingos Lobo divide autarcas de Benavente
OPOSIÇÃO. Medalha a Domingos Lobo dividiu o executivo camarário

Homenagem a Domingos Lobo divide autarcas de Benavente

Escritor vai receber a Medalha de Mérito Municipal mas o PS votou contra

Edição de 08.03.2018 | Sociedade

A Câmara de Benavente vai atribuir ao escritor e programador cultural Domingos Lobo a Medalha de Mérito Municipal mas a sua atribuição não foi unânime entre todos os vereadores do executivo. O assunto foi discutido no dia 5 de Março, tendo sido aprovada a distinção mas com os votos contra do PS.
Apesar de ter votado favoravelmente a proposta, o vereador Ricardo Oliveira (PSD) notou que haveria muitas outras figuras do concelho que mereciam a homenagem. Incluindo a título póstumo. “Ele sempre foi um acérrimo militante do PCP e a programação que ofereceu reflectiu isso mesmo. Temos de lhe reconhecer o mérito de ter promovido a cultura nas zonas mais periféricas do concelho. Só pecava pelo pendor vincadamente de esquerda”, notou.
Do lado dos socialistas, Pedro Pereira lamentou que, “tirando uma ou outra pessoa”, praticamente ninguém conheça Domingos Lobo em Benavente. “A atribuição desta medalha deveria merecer o consenso generalizado da população e do executivo. Assim é uma homenagem que vincula apenas a CDU. O António José Ganhão (antigo presidente da câmara) deixou muito mais obra do que ele e não lhe fizemos ainda nenhuma homenagem”, criticou.
Para o presidente da Câmara de Benavente, Carlos Coutinho (CDU), Domingos Lobo é uma figura “intelectual” e de “formação excepcional”, cujos dons de escritor ainda não mereceram o reconhecimento nacional. “Já foi homenageado em muitos outros concelhos e localidades nacionais mas ainda não o foi na sua terra. Haverá outros benaventenses que mereciam esta medalha mas esta é uma justa homenagem por tudo o que o Domingos Lobo representa e fez pela cultura do concelho”, defendeu.
A decisão de atribuir a medalha de mérito municipal ao escritor nasce da proposta de uma comissão independente nomeada pela câmara, que incluiu figuras da comunidade e do movimento associativo. “O nome foi escolhido não pela ideologia política da pessoa mas sim pelo seu trabalho. E também eu o considero um cidadão de excepção e um escritor notável”, defendeu Hélio Justino, vereador da CDU com o pelouro da cultura.
Domingos Lobo vai receber a distinção na sala de sessões da câmara no dia 20 de Abril pelas 18h00. Nesse mesmo dia, pelas 21h00, inaugura a exposição “Domingos Lobo, a vida e obra” no foyer do cine-teatro de Benavente onde, pelas 22h00, haverá um concerto de João Afonso.

Homenagem a Domingos Lobo divide autarcas de Benavente

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido