uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ministro da Educação não foi à escola e quem levou foi o presidente da câmara

Edição de 15.03.2018 | O MIRANTE dos Leitores

A semana passada pais de alunos da Escola Maria Lamas, em Torres Novas, e professores desancaram o presidente da câmara, Pedro Ferreira, por causa das obras naquela escola que, segundo a lei, são da responsabilidade do Ministério da Educação. A certa altura até o presidente do Agrupamento Gil Paes, a que pertence a escola, achou que era demais e pediu clemência para a vítima.
Cá por Portugal gostamos muito destas sessões e há muitos Cristos como Pedro Ferreira a dar injustamente o corpo ao manifesto porque o único erro do autarca foi disponibilizar-se para tomar conta da obra.
Resta saber se os pais e professores teriam o mesmo comportamento se em vez do presidente da câmara lá tivesse ido o dono da obra, ou seja, o ministro da Educação, dar as explicações que o autarca deu. Seja como for elogia-se a decisão do presidente da câmara em explicar as coisas e regista-se a atitude dos que falaram na reunião feita, não nas redes sociais, onde a intolerância reina impune mas numa escola de onde se espera saiam jovens mais corteses que os progenitores.
João Gomes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...