uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Jovem campeão de motocross quer um futuro sobre rodas
Luís Outeiro e o filho são apaixonados por velocidade

Jovem campeão de motocross quer um futuro sobre rodas

Luís Outeiro começou a familiarizar-se com as motas aos três anos de idade e a paixão foi acelerando com a idade. Aos 14 anos, o adolescente de Alqueidão, Torres Novas, já brilha nas pistas de motocross e quer ir longe nesse mundo.

Edição de 21.03.2018 | Desporto

Luís Outeiro tem apenas 14 anos e uma carreira promissora no motocross. O campeão nacional da modalidade na categoria MX é natural de Alqueidão, concelho de Torres Novas, e já sabe como vai delinear o seu futuro. “Quero ser motociclista, ir para fora de Portugal onde há mais oportunidades e acho que vou conseguir fazer o que gosto e viver disso”, afirma com a convicção própria da juventude.
A primeira mota de Luís foi o pai que lha ofereceu, tinha ele três anos, mas refere a O MIRANTE que com um ano e meio já andava de bicicleta sem rodas. “Este gosto pelas motas já nasceu comigo, não sei explicar, e o meu pai sempre me incentivou porque também gosta de motas”, adianta Luís Outeiro filho.
O pai Luís Outeiro acompanha sempre o filho a todas as provas, em Portugal e no estrangeiro. O motorista de pesados e a mulher Cláudia têm mais três filhos, mas foi Luís, o do meio, que nasceu com esta paixão pelas duas rodas. Por isso apoiam e confiam no bom senso do filho para estar na modalidade em segurança.
A primeira mota andava muito devagar, como convinha à idade do utilizador, e o campo de futebol de Alqueidão era o local onde Luís praticava, sempre acompanhado pelo pai, que o incentivava e ajudava a ganhar técnica que mais tarde haveria de produzir os resultados desejados: competir e ser o melhor.
Luís Outeiro reconhece que não é bom aluno na escola: “Tenho notas muito fracas, porque as matérias são pouco interessantes, mas os professores ajudam e tenho de conseguir fazer o 12º ano”.
Quando vai participar em provas, os professores e colegas desejam-lhe sempre boa sorte e isso tem valor para Luís. Nunca teve acidentes em provas, apenas deslocou um ombro num treino, mas a recuperação foi rápida. Luís Outeiro lembra-se da primeira prova em que participou. Foi na pista do Alqueidão, numa mota de 50cc, em que ficou em último lugar.
Depois de integrar a equipa Motorace Honda e de ter motas melhores, começou a ganhar as provas em que participava. Em 2016 e 2017 ganhou todas, conquistando o título de campeão nacional de Motocross na categoria MX. “Este ano vou competir com colegas mais velhos em MX e MX2 e vai ser mais difícil, mas tenho força e vontade de ser o melhor”, diz Luís com um sorriso confiante.
Maria da Piedade, a avó materna, que ajuda na criação dos netos, é uma das maiores apoiantes do neto e incentiva-o a vencer a timidez e a falar dos inúmeros títulos conquistados. “Tenho muito orgulho por ele ser um campeão e ser educado e humilde”, afirma. “ Fico sempre peocupada quando o meu neto vai correr, por causa de algum acidente, mas felizmente tudo tem corrido bem, ele é um menino cauteloso”, diz a avó com orgulho.

Jovem campeão de motocross quer um futuro sobre rodas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...