uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Qualidade de vida é no interior porque não há trânsito, nem pessoas, nem nada

Edição de 21.03.2018 | O MIRANTE dos Leitores

De vez em quando lá vêm os “rankings” de qualidade de vida que são uma das grandes idiotices dos tempos modernos. Num dos últimos verifiquei que os concelhos melhores classificados eram os do interior do país.
Percebi depois que aquela treta é feita por quem não vive nem nunca visitou os locais que classifica com base em indicadores que apanha na internet e em certas visões românticas da qualidade vida.
Assim como as revistas de turismo nos tentam impingir destinos paradisíacos onde os locais andam de tanga e de chinelos todo o ano e se alimentam de frutas tropicais e da pesca artesanal, ganhando algum dinheiro a vender tralha aos turistas, também estes autores de “rankings” de qualidade de vida tentam convencer-nos que o paraíso de Portugal fica em lugarejos distantes onde já não há escolas porque não nascem crianças, não há empregos, não há ou só há um café, não há correios nem multibanco e muitas vezes nem sinal de rede de telemóvel e muito menos de internet. Pela minha parte podem ir todos já hoje para esses paraísos. Eu não vou porque a terra onde vivo também será um paraíso dentro de algum tempo. Conhecem o concelho de Vila Nova da Barquinha? Pois, então sabem do que estou a falar.
Mário Monge

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...