uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Alhandra mobiliza-se para reclamar caixas multibanco na freguesia
Mário Cantiga e a vereadora Cláudia Martins encabeçaram a comitiva que entregou o abaixo-assinado

Alhandra mobiliza-se para reclamar caixas multibanco na freguesia

Um milhar de assinaturas foram entregues no Ministério das Finanças, que prometeu analisar a questão. Banca quer cobrar mais de 400 euros por mês à junta para recolocar duas caixas que foram assaltadas e destruídas no último Verão.

Edição de 21.03.2018 | Sociedade

O Ministério das Finanças vai agendar uma reunião com os responsáveis da Junta de Freguesia de Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz, no concelho de Vila Franca de Xira, para discutir o problema da recolocação de dois multibancos destruídos em assaltos no Verão passado.
A promessa resultou do protesto simbólico promovido por meia centena de autarcas e moradores daquela união de freguesias no dia 14 de Março, onde entregaram na sede daquele ministério, em Lisboa, um abaixo-assinado com mais de mil assinaturas. Reclamam pela reposição das caixas multibanco que estão a fazer falta aos moradores dos lugares da Calhandriz e A-dos-Loucos.
Os bancos estão disponíveis para recolocar os equipamentos, mas mediante cobrança de rendas mensais na ordem dos 400 euros por cada máquina, valor elevado que o presidente da junta, Mário Cantiga (CDU), já disse ser incomportável para o orçamento que a junta tem.
“As populações destas localidades são maioritariamente idosas, distantes de outros aglomerados populacionais, sem transportes públicos regulares para suprimir o problema de acesso aos multibancos. O facto de as máquinas ainda não terem sido repostas agravou os problemas nas populações vizinhas, que passaram a ter um uso acrescido dos seus multibancos e que por essa via estão também constantemente sem dinheiro nas suas caixas”, explica a junta em comunicado.
Mário Cantiga diz que o executivo continuará a exigir a colocação dos dois multibancos por serem “muito importantes” para as populações da freguesia e assegura que a junta já recuperou os locais onde estavam os multibancos assaltados para que as novas máquinas possam ser colocadas logo que a banca o permita.
Na última sessão da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira o tema foi também levantado por Mário Cantiga a e o presidente da câmara, apesar de manifestar o seu apoio, lamentou pouco mais poder fazer por se tratar de uma matéria que está exclusivamente nas mãos dos bancos.
Desde o último Verão que os moradores destas localidades estão sem multibanco para levantar dinheiro, pagar compras e serviços ou consultar extractos. As duas máquinas foram destruídas por explosões na sequência de dois assaltos, em Agosto em Calhandriz e em Setembro em A-dos-Loucos.

Alhandra mobiliza-se para reclamar caixas multibanco na freguesia

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...