uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
NERSANT e IPS aproximam a Indústria 4.0 das empresas
Workshop “Robótica e Logística Digital” realizou-se a 21 de Março

NERSANT e IPS aproximam a Indústria 4.0 das empresas

Get Innovation mostra às empresas o uso da robótica ao serviço da produção e da logística

Edição de 29.03.2018 | Economia

A NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém, em colaboração com o Instituto Politécnico de Santarém (IPS), dinamiza o projecto Get Innovation visando a aproximação do tecido empresarial da região aos princípios da Indústria 4.0. Foi nesse contexto que no dia 21 de Março decorreu o workshop “Robótica e Logística Digital” onde especialistas expuseram as dinâmicas das duas áreas ao serviço das empresas industriais.
Para o tema da Robótica, o evento contou com a presença de um especialista com larga experiência na indústria automóvel, Luís Flores, consultor da Neadvance - Machine Vision, S.A., que introduziu o uso da inteligência artificial ao serviço das linhas de produção. Os participantes foram alertados para a complexidade de um processo dessa natureza mas também para o facto de os robôs serem, efectivamente, elementos potenciadores das indústrias. Como nota final, o orador esclareceu que a robótica, acompanhando a transformação digital da indústria, tem o objectivo de “acabar com o meio físico de comunicação que é feito de uma matéria-prima caríssima, o cobre, e passar ao uso de wireless e com isso baixar os níveis de valor para níveis de consumo”.
Na área da Logística, o workshop contou com o currículo de Artur Sousa da ELPGAS Mobility Solutions Lda., que apresentou diversas soluções tecnológicas ao serviços dos armazéns das empresas. As tipologias variam entre armazéns convencionais, automáticos e inteligentes, sendo que estes últimos se enquadram na inteligência artificial em que os produtos, os equipamentos e o próprio armazém comunicam entre si.
Na exposição de Artur Sousa ficou claro que o uso da robótica nos armazéns logísticos é um factor potenciador das suas capacidades e que pode ser mais ou menos explorada. O orador clarificou junto dos participantes que “o investimento nestes armazéns não precisa de ser feito todo de uma vez, podendo ser realizado de forma faseada”, complementando que “na Cloud é que tudo tem de comunicar entre si, sejam pequenas facções do armazém ou toda a sua área”.
O programa Get Innovation pretende preparar o tecido empresarial da região da Lezíria do Tejo para os princípios da Indústria 4.0., promovendo o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras e associando-se ao conceito de “fábrica inteligente”. Contribuirá, ainda, para incentivar as empresas tecnológicas fornecedoras de produto e/ou soluções inovadoras para a indústria, a desenvolver soluções tecnológicas inovadoras, em cooperação com as entidades do sistema científico e tecnológico.
Tendo em conta o reduzido conhecimento das oportunidades e desafios da Indústria 4.0 por parte da comunidade, este projecto contempla um conjunto de actividades. Para além da realização de workshops de capacitação, está também prevista a realização de um diagnóstico da região sobre o qual resultarão recomendações e orientação para boas práticas, alicerçadas em situações com elevado potencial de demonstração, visando a sensibilização das partes interessadas e a capacitação das PME. O projecto é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Regional do Alentejo.

NERSANT e IPS aproximam a Indústria 4.0 das empresas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido