uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Se não há borlas não há público nas touradas

Edição de 29.03.2018 | O MIRANTE dos Leitores

O Festival Taurino a favor das vítimas dos incêndios de Pedrógão, realizado no sábado em Santarém, não teve público quase nenhum, nem no espectáculo da manhã nem no da tarde. E não foi por falta de qualidade dos artistas participantes, como acontece em festivais de beneficência com músicos que apenas servem para alguns artistas de terceiro plano subirem ao palco.
No caso das touradas em Santarém e de outras touradas noutras praças o problema é sempre o mesmo. Público nas bancadas só com bilhetes oferecidos ou a cinco euros, como acontecia no tempo do ex-presidente de Santarém, Moita Flores.
Perante este caso não posso deixar de criticar os elementos dos movimentos anti-taurinos. Porque não percebem, nem querem perceber, porque ainda há tauromaquia em Portugal e porque também não percebem que não é por causa do que façam que as touradas vão acabar por desaparecer. Elas vão acabar porque cada vez há menos pessoas dispostas a pagar para as ver. E só por isso.
João Alfredo de Matos Godinho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido