uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Ladrões fazem razia em restaurantes de Almeirim
Fernando David, proprietário do restaurante David Park diz que é a primeira vez, em 28 anos, que o seu estabelecimento é assaltado

Ladrões fazem razia em restaurantes de Almeirim

Edição de 29.03.2018 | Sociedade

Quatro estabelecimentos comerciais de Almeirim foram assaltados durante a madrugada de segunda-feira, 26 de Março, numa vaga de crimes em que os suspeitos conseguiram fugir à GNR da cidade depois do carro da patrulha que os perseguia ter ficado danificado numa lomba existente no piso da Avenida D. João I. Os suspeitos foram apanhados pela GNR na noite seguinte, em Setúbal.
Segundo o que O MIRANTE conseguiu apurar, a onda de assaltos iniciou-se na Casa das Caralhotas, um estabelecimento perto da praça de toiros de Almeirim. Os assaltantes ainda tentaram arrombar a porta, mas não conseguiram roubar nada por o alarme começar a tocar. Seguiram depois para o restaurante O Forno, onde roubaram a caixa registadora e dois ipads, após terem destruído os vidros da porta. Carregaram tudo no carro roubado e avançaram para o restaurante David Park, uns metros ao lado, rebentando com os vidros exteriores com a viatura. “Arrombaram com a porta, arrancaram a máquina de tabaco e a gaveta da caixa registadora e seguiram”, conta Fernando David, proprietário do restaurante, referindo que é a primeira vez em 28 anos que o seu estabelecimento é assaltado. “Os prejuízos são incalculáveis. Agora, como diz o ditado popular: casa roubada, trancas à porta”.
Os autores do crime terminaram a sua onda de assaltos na Avenida da Zona Norte, assaltando a pastelaria Pão e Doce. “Como não conseguiram carregar a máquina de tabaco, que está chumbada à parede, levaram a gaveta das notas e ainda a máquina dos chocolates, a gaveta da máquina registadora, um computador e um monitor”, explica a esposa do proprietário do estabelecimento, Vânia Lopes, explicando que o grupo entrou no café depois de destruir a porta com o carro, presumivelmente de marcha-atrás.
A patrulha da GNR de Almeirim ainda chegou ao Pão e Doce, pelas 3h00, quando os assaltantes se preparavam para fugir no seu carro, um Audi roubado dias antes no Tramagal (Abrantes), e iniciou a perseguição, que acabou por durar pouco tempo. “Pelo que dizem, mais parecia que estavam a tourear o carro da polícia”, revela Vânia Lopes. A viatura da GNR, já com vários anos e muitos quilómetros, ao passar numa lomba bateu com a frente no pavimento e ficou com o radiador avariado. Os suspeitos acabaram por fugir. O carro da GNR já foi reparado e está de novo operacional.

Ladrões fazem razia em restaurantes de Almeirim

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido