uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Militantes socialistas disfarçam incómodo com o desastre eleitoral de Abrantes
Maria do Céu Albuquerque e António Gameiro

Militantes socialistas disfarçam incómodo com o desastre eleitoral de Abrantes

Apenas quatro pessoas votaram no candidato único à liderança do partido

Edição de 29.03.2018 | Sociedade

Com poucas expectativas perante a eleição de um líder sem concorrência nas urnas, o congresso distrital do PS decorreu num ambiente de harmonia tentando apagar o desastre que aconteceu em Abrantes, em que apenas quatro militantes votaram no reeleito António Gameiro. Um resultado histórico, pela negativa, de que não há memória na história das últimas décadas do partido no distrito de Santarém. Os militantes com responsabilidades directivas na estrutura socialista fugiram ao tema e mesmo questionados sobre o assunto, tentaram ser hábeis a chutar para canto, a começar pela presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, que ficou sozinha na representação do seu concelho na estrutura socialista da região nos próximos dois anos.
Nenhum dos militantes abordados por O MIRANTE quis dar qualquer explicação. Mas ao episódio não deve ser alheio as reviravoltas de Maria do Céu Albuquerque nas eleições. Em 2014 concorreu contra Gameiro à liderança da distrital e perdeu as eleições. Na altura dizia-se que a autarca de Abrantes, perante a entrada em cena de António Costa no controlo do partido a nível nacional, tinha aspirações de ir mais além, de ter algum cargo no Governo, o que não se concretizou. Em 2016, a autarca fez um acordo com Gameiro para voltar à mó de cima e ter destaque na distrital, levando o presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, a ceder a sua posição para permitir que Maria do Céu Albuquerque ficasse com o lugar de presidente da mesa da Comissão Política Distrital.
O chamado acidente de Abrantes pode ter duas explicações. Ou foi uma demonstração de descontentamento dos militantes ou a presidente da autarquia não conseguiu convencer os seus pares a apoiar o candidato único e ela própria. Curiosamente, questionada à saída do congresso, onde esteve só na parte final devido ao regresso de uma viagem e ao facto de ter tido nessa tarde a visita no concelho do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, a autarca desculpou-se com a concelhia do partido. “Eu não sou presidente da concelhia e não mando no voto das pessoas. Não sou a melhor pessoa para falar sobre isso. Não sei”.
O líder Gameiro também não tinha explicações, limitando-se a dizer que “foi a manifestação dos militantes de Abrantes”. O caso causou incómodo que foi sendo disfarçado da maneira possível, como aconteceu com o presidente de Almeirim, Pedro Ribeiro, a dizer que não reparou bem no que aconteceu. O deputado Hugo Costa não quis comentar e a líder das mulheres socialistas, Mara Lagriminha, dizia que o assunto não era relevante para o congresso. José Miguel Noras e o presidente de Salvaterra de Magos também não quiseram meter-se em confusões e despacharam a resposta dizendo que não comentavam.

Congresso começou sem o líder
O congresso distrital do PS de Santarém, que decorreu em Fazendas de Almeirim, iniciou-se atrasado, 45 minutos depois da hora marcada, e sem a presença do presidente da distrital. António Gameiro estava a essa hora, cerca das 10h45, a bordo de um avião com origem na Arábia Saudita, onde se tinha deslocado como deputado da Assembleia da República. Na altura em que se iniciou o congresso também só estavam presentes três presidentes de câmaras socialistas do distrito: Hélder Esménio (Salvaterra de Magos), Pedro Ribeiro (Almeirim) e Francisco Oliveira (Coruche). O presidente da Assembleia Municipal de Almeirim e columbófilo, José Marouço, chegou a horas, mas ausentou-se antes dos trabalhos começarem porque se lembrou que tinha de ir recolher os pombos que estavam a chegar de uma corrida.

Militantes socialistas disfarçam incómodo com o desastre eleitoral de Abrantes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido