uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Encerramento da Caixa Geral de Depósitos em Alpiarça não passa de boato

Edição de 05.04.2018 | Economia

O presidente da Câmara de Alpiarça garante que não há qualquer indicação de que a dependência da Caixa Geral de Depósitos na vila vá encerrar. Mário Pereira considera que o fecho do balcão não passa de um boato colocado a circular no concelho, desconhecendo quem o fez e com que intenção.
Mário Pereira diz a O MIRANTE que já pediu uma reunião com o conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos, mas das conversas que já teve com responsáveis do banco do Estado obteve garantias de que não está em cima da mesa o encerramento da agência, pelo que “não há razões para alarme. Além disso, aquando do plano de reestruturação da empresa, o primeiro-ministro foi claro no compromisso que deixou de que todos os concelhos do país teriam pelo menos um balcão aberto”, referiu Mário Pereira (CDU). Recorde-se que em Alpiarça só há, há décadas, um balcão da Caixa.
O assunto foi levantado em sessão camarária - onde Mário Pereira não esteve presente – pela vereadora Sónia Sanfona (PS). A autarca da oposição disse ter tido conhecimento que “havia vários clientes” da CGD que estavam a ser informados que os gestores de contas iriam passar a estar em Almeirim e não em Alpiarça. “Não sou pessimista mas devemos estar alerta com os sinais que nos vão sendo dados. A perda de serviços essenciais para o dia-a-dia dos cidadãos é extremamente grave para uma comunidade pequena como a nossa. O encerramento dos Correios foi muito grave para o concelho de Alpiarça por isso temos que estar alerta”, salientou.
O vice-presidente do município, Carlos Jorge Pereira (CDU), que conduziu os trabalhos nessa reunião de câmara, disse não ter conhecimento dessa situação e que ia transmitir o assunto ao presidente da autarquia.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...