uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Foram precisas três detenções para suspeitos de assaltos em Almeirim irem presos
Momento em que a GNR fazia operação à entrada de Almeirim para deter os suspeitos - foto DR

Foram precisas três detenções para suspeitos de assaltos em Almeirim irem presos

Ladrões tinham sido apanhados duas vezes e libertados por ordem do Ministério Público

Edição de 05.04.2018 | Sociedade

Os dois suspeitos de quatro assaltos na mesma madrugada em Almeirim foram para prisão preventiva após três detenções em dois dias. Os suspeitos, do Entroncamento, após os assaltos foram detidos por duas vezes e libertados por indicação do Ministério Público, que entendeu bastar notificá-los para se apresentarem em tribunal, o que estes nunca cumpriram. À terceira detenção que ocorreu na quarta-feira, 28 de Março, em Almeirim, o juiz do tribunal da cidade ordenou que ficassem presos. Na sequência dos assaltos a dois restaurantes e dois cafés de Almeirim, na madrugada de segunda-feira, 26 de Março, a GNR chegou a perseguir a dupla, mas o carro da Guarda ficou avariado ao passar numa lomba da Avenida D. João I e os assaltantes conseguiram fugir. A dupla foi detida na terça-feira, na Quinta do Conde, concelho de Sesimbra, quando elementos da GNR detectaram os dois suspeitos, de 20 e 22 anos, a dormirem no interior de uma viatura furtada no Tramagal, concelho de Abrantes.
Após esta primeira detenção, os dois suspeitos foram constituídos arguidos e notificados para compareceram no Tribunal de Setúbal, mas ignoraram a ordem. Foram detidos pela segunda vez no mesmo dia, desta vez por militares do posto da GNR de Azeitão, que os surpreenderam em flagrante durante uma tentativa de furto num ‘stand’ de automóveis. Mais uma vez a justiça mandou libertá-los e notificá-los para se apresentarem em tribunal, o que mais uma vez não fizeram.
Os dois homens acabaram detidos em Almeirim, numa grande operação policial, e ficaram detidos nas celas da GNR, tendo sido presentes ao tribunal que os ouviu em primeiro interrogatório ao longo de todo o dia de quinta-feira, 29 de Março.

Foram precisas três detenções para suspeitos de assaltos em Almeirim irem presos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...