uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Moradores e comerciantes preocupados com casa em ruínas em Torres Novas
Isidro Alves José a mostrar as ruínas junto ao seu prédio

Moradores e comerciantes preocupados com casa em ruínas em Torres Novas

Imóvel na Rua Valverde é uma mancha na paisagem do centro histórico da cidade

Edição de 05.04.2018 | Sociedade

Uma casa em ruínas, na Rua Valverde, no centro histórico de Torres Novas, é um atentado ambiental e paisagístico. Quem o afirma são os moradores e comerciantes que vivem paredes meias com aquelas ruínas que teimam em ficar ao longo dos anos, sem que ninguém elimine o problema.
Isidro Alves José é proprietário da Casa Semeador, perto das ruínas que considera afastarem moradores e visitantes dessa zona histórica da cidade. “As pessoas passam aqui e quando olham para este mamarracho no início da rua ficam tão desagradadas que vão embora”, diz.
O mesmo comerciante é proprietário de um prédio, que reconstruiu com as poupanças de uma vida, e onde estão a viver cinco inquilinos, incluindo uma pastelaria no rés-do-chão, e as pessoas estão sempre a dizer-lhe que os apartamentos são muito bons, mas a vista para as ruínas é terrível.
Quem frequenta a pastelaria também reclama da proximidade das ruínas. “Não se trata só do que os olhos vêem, mas também da saúde pública, porque estas ruínas albergam roedores e outra bicharada que não é boa para nós”, diz Isidro José agastado com a situação que se arrasta há vários anos.
Isidro José dá voz aos protestos de quem mora e tem comércio junto à casa em ruínas da Rua Valverde, na zona histórica de Torres Novas, e deixa a pergunta: “Porque é que isto não é demolido”, aguardando resposta de quem de direito.

Moradores e comerciantes preocupados com casa em ruínas em Torres Novas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...