uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Inês Henriques em terceiro lugar no Grande Prémio de Marcha de Rio Maior
Ana Cabecinha, Shenjie Qieyang, Inês Henriques e Antonella Palmisano no final da prova

Inês Henriques em terceiro lugar no Grande Prémio de Marcha de Rio Maior

A prova masculina foi ganha pelo espanhol Diego Garcia

Edição de 12.04.2018 | Desporto

O apoio do público por estar a competir em casa não chegou para que Inês Henriques cortasse a meta à frente da chinesa Shenjie Qieyang, 1ª classificada, com 1h28m04s, e da italiana Antonella Palmisano, 2ª classificada, com 1h28m41s, no Grande Prémio de Marcha de Rio Maior que decorreu na tarde de sábado, 7 de Abril.
No entanto, para a atleta de Rio Maior recordista mundial dos 50km marcha não há motivo para desalentos. “Agora o que vier é ganho. Estava a tentar bater o meu recorde pessoal mas os últimos três quilómetros custaram muito porque não tenho feito estes ritmos e em termos musculares senti algum cansaço, mas estou satisfeita. Estou a preparar os 50km marcha e tenho perspectiva de me aproximar das quatro horas. O apoio do público de Rio Maior foi fantástico mas mesmo assim não esteve muita gente na rua devido à chuva”, disse a atleta a
O MIRANTE no fim da prova.
“Sinceramente não esperava um terceiro lugar, porque o lote de atletas era muito bom e eu só perdi com duas medalhadas, que eu acho que são de outro campeonato e não do meu. Por isso, tenho de estar muito satisfeita”, acrescentou Inês Henriques.
Além de ter alcançado um excelente resultado, a recordista mundial estava muito satisfeita por o ter conseguido fazer na terra onde nasceu e onde continua a viver. “Tem um significado muito importante, porque é aqui que as pessoas me vêem e sei que elas têm um carinho muito grande por mim. Já tinham anteriormente ao que conquistei, mas agora têm um carinho ainda mais especial, porque são as pessoas que me vêem treinar todos os dias e que às vezes não percebiam o porquê de tanta dedicação”, resumiu.
A prova masculina foi ganha pelo espanhol Diego Garcia, com 1h21m15s, seguido de Álvaro Martin (1h22m00s), que bateu ao sprint o terceiro classificado, o mexicano José Leyver Ojeda, com (1h22m00s). Miguel Carvalho, do Benfica, foi o melhor português, terminando em 12.º lugar, com 1h23m31s, conseguindo os mínimos para o Campeonato da Europa.

Inês Henriques em terceiro lugar no Grande Prémio de Marcha de Rio Maior

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...