uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Idoso do Bairro está desaparecido há um mês
Manuel Oliveira

Idoso do Bairro está desaparecido há um mês

Autoridades já suspenderam as buscas para tentar encontrar Manuel Oliveira, que foi visto pela última vez por umas freiras que lhe deram boleia do Hospital de Abrantes até Chancelaria na madrugada de 20 de Março. Filha diz que está a viver um pesadelo.

Edição de 19.04.2018 | Sociedade

Manuel Oliveira, de 83 anos, natural do Bairro, no concelho de Ourém, continua desaparecido após ter tido alta do Hospital de Abrantes no dia 20 de Março. O idoso foi visto pela última vez por umas freiras da Comunidade das Irmãs de São José de Cluny, em Torres Novas, que lhe deram boleia desde Abrantes até aos semáforos de Chancelaria, concelho de Torres Novas.
Anabela Mecha, a única filha de Manuel, que vive em Covão do Coelho, concelho de Alcanena, confirmou a
O MIRANTE que as autoridades a informaram de que as buscas para encontrar Manuel foram suspensas. “Sinto-me como se estivesse a viver um pesadelo. Adormeço e acordo com o meu pai no pensamento”, desabafa Anabela.
A filha de Manuel todos os dias depois do trabalho vai a casa do pai, no Bairro, para tratar das ovelhas e sempre com a esperança de que um milagre dê resposta ao desaparecimento. Adianta que foi informada pela GNR de que o caso estava agora sob a alçada do Ministério Público, mas ainda não foi contactada por ninguém. “Para a semana tenho um dia de férias e vou a Ourém, ao tribunal, informar-me sobre toda esta situação”, disse.
Manuel Oliveira recebe uma pensão de reforma de França, onde trabalhou vários anos, e Anabela já indagou junto do banco se o facto de Manuel estar desaparecido e continuar a receber a pensão não lhe trará problemas. O banco informou-a de que a pensão fica retida e caso se justifique a devolução não haverá problemas.
Anabela Mecha é segunda titular de uma das contas do pai, no banco, mas não pode aceder à conta, por nada se saber sobre o paradeiro de Manuel Oliveira.
Recorde-se que Manuel Oliveira deu entrada na urgência do Hospital de Torres Novas no dia 19 de Março, acompanhado pelos bombeiros, por se ter sentido mal. Vivia sozinho na sua casa, em Bairro, Ourém. Depois de ser avaliado foi encaminhado para a urgência do Hospital de Abrantes para fazer exames. A filha refere que esteve sempre em contacto telefónico com o hospital para saber do estado de saúde do pai. O hospital informou-a de que Manuel teria de fazer vários exames e que não valia a pena deslocar-se a Abrantes sem que o hospital a informasse da alta do pai.
Manuel Oliveira foi avaliado pelo médico e teve alta às 00h12 de dia 20 de Março, tendo decidido sair do hospital sem avisar a família. Depois de ter apanhado boleia com as freiras até Chancelaria, onde disse que morava, nunca mais foi visto.
O major Pedro Reis, da GNR, confirmou a O MIRANTE que foram feitas buscas com cães nos cinco dias seguintes ao desaparecimento em toda a zona entre Bairro e Torres Novas. Depois reforçou-se o patrulhamento na zona e agora o caso transitou para o Ministério Público.

Idoso do Bairro está desaparecido há um mês

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...