uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Utilizadores de jardim em Vila Franca de Xira querem cafetaria a funcionar
Cafetaria passou o inverno encerrada e alguns utilizadores querem que esteja em funcionamento

Utilizadores de jardim em Vila Franca de Xira querem cafetaria a funcionar

Espaço municipal concessionado a uma empresa tem estado encerrado e a população e autarcas reclamam a sua abertura.

Edição de 19.04.2018 | Sociedade

A cafetaria municipal existente no jardim Constantino Palha, em Vila Franca de Xira, tem estado encerrada durante todo o Inverno e vários utilizadores do jardim e autarcas vieram no último mês reclamar pela sua reabertura.
O espaço está concessionado a uma empresa da cidade por uma renda a rondar os 450 euros mensais mas, ao contrário da premissa celebrada no contrato de arrendamento, de ter “obrigatoriamente” dois horários distintos de funcionamento de Verão e Inverno, o equipamento tem estado de portas fechadas desde o fim do último Verão.
Alguns utilizadores do jardim criticam a medida e pedem que a câmara avance para uma nova concessão que permita que o espaço, mesmo nos dias frios e de chuva, possa manter as portas abertas. Os eleitos do Bloco de Esquerda na assembleia municipal quiseram saber, na última sessão desse órgão, se a câmara vai ou não ser capaz de resolver o problema, considerando que a cafetaria já passou demasiado tempo fechada. Antes também a CDU, em reunião de câmara, manifestara o seu lamento pelo encerramento continuado do espaço.
A empresa que tem a concessão já veio informar nas redes sociais que o espaço é “sazonal” e reabre este mês de Abril, logo que “o sol regresse”. E agradece a compreensão dos clientes.
Helena de Jesus, vereadora do município que tem a seu cargo este pelouro, admite que a situação da cafetaria do jardim a tem “preocupado bastante” e que tem sido um tema que se arrasta sem solução à vista. “Já fizemos vários contactos com o arrendatário e tivemos uma reunião com ele, para apurar qual a situação e os motivos que o levam a encerrar a cafetaria do jardim. Não concordamos que ela esteja encerrada. Ele argumentou que nesta época de Inverno não lhe compensa ter a porta aberta. Ele entregou-nos variadíssima documentação de facturação para provar o seu ponto de vista e vamos analisar, para depois, fundamentadamente, podermos decidir pela manutenção ou não do contrato de arrendamento nestes termos”, explicou.
Helena de Jesus confirma que o empresário “está a incumprir com o contrato de arrendamento” que celebrou com a câmara e vincou que o município tem “todo o interesse” que a cafetaria esteja sempre a funcionar. “Se queremos dar vida ao jardim e à cidade não podemos compadecer-nos com estas situações. O assunto terá um desfecho em breve, de uma maneira ou de outra”, avisa.

Utilizadores de jardim em Vila Franca de Xira querem cafetaria a funcionar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...