uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ana Sofia  Henriques
foto DR

Ana Sofia  Henriques

Directora Comercial na Century 21 Casas do Gótico, 36 anos, Almeirim

Edição de 25.04.2018 | Agora Falo Eu

É daquelas pessoas que gosta de estacionar o automóvel à porta de todos os locais onde vai? Não. Acho que devemos estacionar nos locais apropriados. É impressionante passear no nosso centro histórico e os passeios estarem ocupados com os carros. É uma falta de civismo.

Já alguma vez foi mandado parar numa operação stop? Como reagiu? Sim, já. Reagi de forma tranquila. As operações, quando realizadas com o seu verdadeiro significado, são importantes pois são meios de detectar algumas infracções à lei que podem colocar em risco a nossa segurança (taxas de alcoolemia, velocidade…).

Costuma gastar dinheiro com o futebol? Vai ao estádio ver os jogos? Não costumo gastar dinheiro com futebol porque não frequento os estádios. Contudo sou uma benfiquista ferrenha, defendo o meu clube a 100%. Em pequena sofria muito quando jogava o Benfica. Hoje acompanho os jogos mas sei controlar a ansiedade desses momentos.

Se lhe saísse o Euromilhões qual era a primeira coisa que fazia? Colocava uma parte de lado para a organização pessoal e profissional e tirava umas férias prolongadas para viajar.

Quantos amigos já tem no Facebook? O que acha das redes sociais? No perfil pessoal tenho cerca de 2200 e no profissional cerca de 500. As redes sociais, no caso da minha profissão, são um meio de comunicação e divulgação importantes. Uma das principais ferramentas do nosso trabalho são as redes sociais. As redes sociais quando usadas de forma equilibrada não afastam as pessoas.

Concorda que os políticos usem o Facebook para responder aos críticos? Vivemos num mundo tecnológico onde as redes sociais são uma forma de comunicação com as grandes massas.

Usa agenda para planear o seu dia-a-dia? Na minha vida profissional a agenda é uma ferramenta fulcral. Planeio os meus dias por blocos de tempo e tarefas prioritárias.

Conseguia viver sem telemóvel? No mundo em que vivemos dificilmente alguém viveria sem telemóvel. Eu não conseguiria viver pois é nele que estão os contactos das pessoas mais importantes da minha vida. É o meio de comunicação que uso constantemente no meu dia-a-dia para falar com as minhas filhas, para além dos clientes.

Se pudesse encarnar uma personagem por um dia qual escolheria? Miranda, do filme ‘Diabo Veste Prada’, por ser uma mulher elegante, forte, firme, determinada e que administrava de forma equilibrada a vida profissional e pessoal.

Nas férias prefere praia, campo ou neve? Nas minhas férias gosto de conciliar o tempo entre a praia e o campo. A praia é um local onde equilibro as minhas energias. Nas férias gosto também de dar a conhecer um pouco do nosso país, cultura e história às minhas filhas. As férias ainda não estão planeadas mas serão com toda a certeza junto ao mar.

Já visitou alguma praia fluvial da região? Conheço algumas do nosso país: Penedo Furado, Cardigos, Olhos d’Água.

Do que é que sente mais saudades? Sinto saudades de uma pessoa especial que já não está entre nós e que chamo de minha estrela – o meu avô materno -, dos seus conselhos, abraços, colo e mimos.

Qual é o maior desafio para uma colectividade hoje em dia? Hoje em dia o maior desafio das colectividades é sobreviverem com poucos apoios para organizar eventos diferentes.

Os jovens estão motivados para assegurar as tradições? As tradições e costumes culturais, quando transmitidos de forma alicerçada, são seguidos pelos nossos jovens. A motivação tem que vir de dentro de cada um.

O que é que punha a funcionar na sua terra que não existe? Nasci e cresci em Santarém, uma cidade que com os anos assisti a “parar no tempo”. Restaurava os edifícios do centro histórico, colocava a funcionar no nosso mercado um projecto idêntico ao que verificamos em alguns mercados em Lisboa, divulgava e dinamizava o lado histórico e cultural da nossa cidade.

Qual foi a melhor viagem (ou passeio) que fez até hoje? As melhores viagens foram realizadas ao Norte de Portugal pela diversidade de paisagens, monumentos, cultura e porque foram realizadas com as minhas filhas.

Ana Sofia  Henriques

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...