uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ponte Rainha D. Amélia já reabriu ao trânsito

Edição de 26.04.2018 | Economia

As obras de reparação dos aparelhos de apoio do tabuleiro da Ponte Rainha D. Amélia, que liga as localidades de Muge (concelho de Salvaterra de Magos) a Porto de Muge (concelho do Cartaxo), já terminaram. A intervenção, que teve início no dia 16 de Abril, obrigou à interdição de circulação rodoviária durante o período nocturno. Os municípios de Salvaterra de Magos e Cartaxo informam, em nota de imprensa, que os trabalhos vão continuar mas sem necessidade de interdição da circulação automóvel. A circulação automóvel reabriu no dia 20 de Abril e continua limitada a veículos ligeiros – até 3,5 toneladas - e a uma velocidade máxima de 30km/h.
Em Fevereiro deste ano os municípios de Salvaterra de Magos e Cartaxo mostravam-se preocupados com as fundações dos pilares da Ponte Rainha D. Amélia. O presidente do município de Salvaterra, Hélder Esménio (PS), aproveitou a reunião com responsáveis da Infraestruturas de Portugal (IP) para manifestar a sua preocupação com essa situação, tendo por base o último relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).
Nesse relatório da APA refere-se que a “não retirada da plataforma de trabalho da construção da ponte ferroviária funciona como um esporão que origina vórtices, responsáveis pela formação da fossa de erosão encontrada, assim como o levantamento batimétrico mandado realizar pela Câmara do Cartaxo, que refere o desassoreamento do leito do rio imediatamente a jusante dos pilares com a existência de fundões e a excessiva erosão em torno dos mesmo”, explicou Hélder Esménio.
A responsabilidade para a execução da conservação e manutenção desta ponte é de ambos os municípios.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...