uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
População exige mais segurança na passagem de nível de Vila Franca de Xira
Moradores entregaram na última semana na câmara municipal um abaixo-assinado a exigir medidas

População exige mais segurança na passagem de nível de Vila Franca de Xira

Município admite que a passagem de nível ainda não foi encerrada porque faz falta para permitir o acesso ao cais por parte de veículos de socorro e de cargas e descargas. Entidades responsáveis pela linha férrea já estiveram na zona a analisar possíveis soluções que minimizem os riscos. Instalação de dupla cancela é uma delas.

Edição de 26.04.2018 | Sociedade

A instalação de uma dupla cancela, que torne mais difícil o atravessamento de peões aquando da aproximação de comboios pode ser uma das soluções temporárias a instalar na passagem de nível do cais de Vila Franca de Xira. Isto até que se implemente uma alternativa rodoviária mais segura que acabe com aquela passagem onde 25 pessoas morreram nos últimos 12 anos.
A informação foi avançada na última semana em reunião pública de câmara pelo executivo, na resposta a um abaixo-assinado com 1200 assinaturas que foi entregue naquele órgão por moradores da cidade.
No local já estiveram técnicos do departamento nacional de segurança da REFER, entidade que tem a tutela da linha de comboio. “Sugerimos espelhos parabólicos de grandes dimensões mas o ângulo é demasiado morto e na aproximação de um Alfa Pendular não dá hipótese. Precisamos desta passagem para os veículos de socorro, cargas e descargas. O que estamos a aguardar, e já insistimos para que isso avance, é a colocação de uma dupla cancela. E que até lá coloquem um guarda de passagem de nível”, explicou José António Oliveira, vice-presidente do município.
Apesar de admitir que as duplas cancelas “não evitarão na totalidade que as pessoas atravessem”, o autarca espera que possam pelo menos minimizar os atravessamentos de risco.
“Já dissemos à REFER que é urgente uma solução. Se aquela passagem fosse apenas pedonal já estaria fechada. Infelizmente não conseguimos evitar que as pessoas atravessem fora de tempo. Enquanto não resolvemos de vez o problema precisamos de mecanismos que minimizem os riscos. Quando as cancelas estão para baixo não devem dar margem a ninguém para passar”, defende Alberto Mesquita, presidente do município.

Moradores exigem solução definitiva
Na última semana a comissão de freguesia de Vila Franca de Xira do PCP entregou um abaixo-assinado, subscrito por 1200 moradores, em que exige das entidades responsáveis que seja colocado um guarda no local, reforço e renovação do equipamento de segurança e a exigência ao governo e entidades responsáveis de um “estudo e implementação” de uma solução definitiva para o problema.
“A bem da vida”, o documento exige também que a câmara faça tudo o que estiver ao seu alcance para resolver o problema. “A passagem aérea de ligação à biblioteca tem-se demonstrado desadequada e insuficiente (...) e nada justifica a permanência destes lugares perigosos”, lê-se no documento.

População exige mais segurança na passagem de nível de Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...