uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Falta de luz e segurança preocupa avieiros de Vila Franca de Xira
Pescadores reclamam por melhores condições em terra junto ao cais

Falta de luz e segurança preocupa avieiros de Vila Franca de Xira

Município admite que a zona do cais precisa de um reforço de iluminação. Desaparecimento de utensílios e artes de pesca são frequentes. Quem vive da pesca pede mais espaços de arrumação e mais iluminação para reforçar a segurança.

Edição de 03.05.2018 | Sociedade

Vários pescadores do cais avieiro de Vila Franca de Xira estão desalentados com a falta de segurança da zona e pedem ao município uma intervenção que permita minorar os assaltos e insegurança.
A falta de iluminação pública no local é o principal problema, porque quem chega da pesca já de noite não vê bem o caminho que pisa. Mas há mais problemas: o cais num estado precário, os acessos demasiado estreitos e em mau estado, arrecadações pequenas e que já viram melhores dias. Um cenário que em tudo contrasta, por exemplo, com a zona avieira da Póvoa de Santa Iria, onde tudo foi colocado de novo. O espaço é por isso propício também à acção dos amigos do alheio, que têm aproveitado nos últimos meses para roubar artes de pesca, combustível e utensílios que os pescadores guardam nas pequenas arrecadações.
Arrecadações que, lamentam alguns, são demasiado pequenas e estreitas para tudo o que precisam de guardar. “Por serem pequenas há muita coisa que deixamos na rua e depois é fácil as coisas desaparecerem”, lamenta Nuno, um dos pescadores. Nos últimos tempos o que não consegue guardar dentro das arrecadações leva para casa.
Nos últimos meses o problema tem sido alvo de alertas, também, por parte de autarcas locais, quer em assembleia de freguesia como em reuniões da câmara municipal.
Na última semana o problema foi levantado em reunião de câmara pela CDU, com o vereador Mário Calado a revelar que, numa visita ao bairro, foi também confrontado com as queixas de insegurança e falta de iluminação por parte dos pescadores. “É importante que entre a câmara e a Administração do Porto de Lisboa possa ser dado um apoio mais sério a esta comunidade. Fala-se muito da cultura avieira mas é desolador ver algumas coisas ali, como os abrigos destruídos e o cais num estado absolutamente inacreditável. Faltam espaços para guardarem as redes. Parece que caiu ali uma bomba”, notou o autarca.
O vice-presidente do município, José António Oliveira (PS), explica que o executivo já esteve no local durante a noite e confirma que o espaço precisa de iluminação. “Justifica-se plenamente a iluminação. Já pedimos faz tempo à EDP e até já pagámos a instalação para que ela seja feita, embora por vezes isso não seja tão rápido como se deseja”, explica. O município prometeu estudar e avaliar as outras matérias.

Falta de luz e segurança preocupa avieiros de Vila Franca de Xira

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...