uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Bebé de Santarém que nasceu no Dia da Mãe foi à Madeira com a TAP
Lourenço, os pais e o irmão viveram uma experiência única

Bebé de Santarém que nasceu no Dia da Mãe foi à Madeira com a TAP

Companhia aérea premiou famílias dos primeiros bebés nascidos em cada distrito como incentivo à natalidade

Edição de 10.05.2018 | Sociedade

Deve ter sido uma das viagens com mais bebés e crianças a bordo de um avião da TAP para a Madeira, onde a companhia aérea portuguesa levou os primeiros nascidos no dia da mãe, no ano passado, em cada um dos distritos, acompanhados dos pais e, em alguns casos, dos irmãos.
O MIRANTE, parceiro desta iniciativa, acompanhou o baptismo de voo do Lourenço, de Santarém, que nasceu no hospital da cidade às 3h40 de 7 de Maio de 2017, e que foi acompanhado pelos pais e pelo irmão, Santiago, que vai fazer cinco anos, que também andou de avião pela primeira vez. Durante a viagem e a estadia de dois dias no Funchal, Lourenço foi um dos reis da festa, por nunca ter chorado nem feito birras.
O casal de Santarém, José e Cátia Vilão, viveu no Funchal várias experiências proporcionadas pela iniciativa da TAP, inserida na acção Abraçar Portugal, a começar na viagem para a “Pérola do Atlântico”, com uma visita ao cockpit do avião Manoel de Oliveira. Onde a família recebeu das mãos do piloto o diploma de baptismo de voo do pequeno Lourenço. À chegada à ilha Cátia e outras mães foram entrevistadas por canais de televisão. No primeiro dia, 6 de Maio, o Dia da Mãe, os pais puderam fazer yoga com os seus filhos. Depois desta experiência os pais do primeiro bebé do Dia da Mãe de 2017 aproveitaram para umas braçadas na piscina do hotel.
Na manhã do dia 7 e antes de se cantarem os parabéns pelo primeiro aniversário, a família Vilão visitou o centro do Funchal com uma passagem pelo turístico Mercado dos Lavradores, onde Cátia e José provaram vários maracujás, como maracujá banana, maracujá tomate e maracujá ananás, além da característica anona. Ao almoço outra experiência, no Armazém do Mercado, onde a Chef Luísa e a sua equipa fizeram uma demonstração de culinária do projecto Madeira Cook Experience, acompanhada pelo diretor executivo da Associação de Promoção da Madeira, Roberto Santa Clara, que apoiou esta iniciativa da TAP. Cátia ajudou a picar coentros para a manteiga de alho que foi colocada nas lapas no forno e José mostrou arte a fazer uma poncha.
Para o casal a melhor prenda foi terem o Lourenço e esta experiência vai ficar marcada de forma inesquecível na vida da família por várias razões. Porque o nascimento foi num dia especial e porque a TAP assinalou a data e reconheceu a coragem dos casais em contribuírem para a natalidade do país. Para André de Serpa Soares, da comunicação da companhia aérea, trata-se “de uma justa recompensa a quem tem filhos em Portugal e muitas vezes em distritos do interior, que têm alguma depressão populacional. Este é um pequeno gesto de incentivo e a TAP quer também contribuir para que continue a haver uma vida cada vez melhor e mais feliz em todas as regiões do país”, refere.
No final do almoço, regado com tinto produzido na Madeira e branco de uma casta da ilha, o Verdelho, cantaram-se os parabéns e comeram-se os bolos de aniversário. De barriga reconfortada partiu-se para a viagem de regresso, com os passageiros de várias nacionalidades, quem enchiam o Airbus A319, a serem informados pelo piloto da iniciativa de transportar as “Mães de Portugal”, o que manifestou ser uma honra.

Bebé de Santarém que nasceu no Dia da Mãe foi à Madeira com a TAP

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...