uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Recomendação contra a demolição do antigo mercado de Abrantes chumbada

PSD é contra a solução defendida pela maioria socialista de deitar abaixo o histórico edifício

Edição de 10.05.2018 | Sociedade

Os eleitos do PSD na Assembleia Municipal de Abrantes apresentaram uma proposta de recomendação à câmara para que o antigo mercado diário não seja demolido mas a proposta foi chumbada pela maioria socialista.
O PSD argumentou que o novo edifício do mercado diário não serve os interesses dos abrantinos, porque o edifício (construído em 2015) não oferece boas condições a comerciantes e fregueses. “Chove no mercado e os comerciantes atendem os clientes de chapéu-de-chuva aberto, e as escadas no edifício não ajudam à mobilidade e não atraem os fregueses”, defendeu o PSD.
O deputado João Fernandes deu voz à recomendação, para pedir que a câmara faça os ajustes jurídicos necessários para reverter a aprovação da demolição do antigo mercado diário, revendo o Plano de Urbanização de Abrantes. A bancada do PSD defendeu ainda que a câmara avançasse com um concurso de ideias, semelhante ao Orçamento Participativo, que permitisse aos munícipes apresentar propostas de requalificação do imóvel.
A presidente da câmara, Maria do Céu Albuquerque (PS), explicou que não chove no novo edifício do mercado. “Há entradas de ar quando faz vento e chuva, a água entra por essas entradas, mas já pedi ao projectista para encontrar uma solução e estamos a aguardar”, disse.
Relativamente à demolição do antigo mercado diário, a autarca não se comprometeu e adiantou que “é nossa expectativa criar parceria com privados através de concurso de ideias, para encontrar a melhor solução para aquele espaço”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...