uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Obras obrigam moradores do bairro azul a mudar de casa
Bairro azul vai receber obras orçadas em um milhão e 500 mil euros

Obras obrigam moradores do bairro azul a mudar de casa

Trata-se de uma solução provisória enquanto decorrer a requalificação das habitações em bairro social da Póvoa de Santa Iria, numa empreitada a cargo da Câmara de Vila Franca de Xira.

Edição de 17.05.2018 | Sociedade

Os moradores dos 82 apartamentos do bairro PER (Programa Especial de Realojamento), da Póvoa de Santa Iria, também conhecido como bairro azul, vão mudar-se para pensões, hotéis e apartamentos alugados pela Câmara de Vila Franca de Xira noutros locais do concelho até ao Verão.
Esta foi a solução encontrada pela câmara para poder retirar os moradores das habitações que vão receber obras profundas de requalificação e melhoria. Os bens dos moradores, garante a câmara, vão ficar guardados nas instalações municipais e “à guarda e com segurança da câmara”.
Inicialmente chegou a ser lançado um procedimento concursal para contratação de contentores onde os moradores iriam ficar alojados temporariamente, mas a única empresa concorrente desistiu do procedimento por não conseguir disponibilizar tantos contentores ao preço que era pedido pela câmara (324 mil euros mais IVA).
“Para nos disponibilizarem os contentores que precisávamos seria preciso quase um milhão de euros. Esta situação dificultou-nos a vida, não estávamos a contar [com a desistência da empresa] mas já entrámos em acção com um plano B”, explica o presidente do município, Alberto Mesquita.
O autarca explica que houve “o momento dos monoblocos” e que agora a ideia é “avançar com o realojamento”, garantindo que os moradores já foram postos ao corrente da situação e que “todos concordaram” com a nova solução. “Temos de tratar tudo isto com a delicadeza e atenção que a situação exige”, explica.
António Félix, vereador com o pelouro financeiro, explica que a ideia de meter os moradores em hotéis, pensões e apartamentos vai ter um custo “inferior” ao que teriam os contentores, apesar de ainda não conseguir avançar com um custo concreto.
O assunto foi tratado na última reunião pública de câmara durante a discussão da revogação de contratação de aluguer de monoblocos habitacionais, aprovada por unanimidade. A CDU, pela voz de Cláudia Martins, lamentou que “só nesta fase as pessoas do bairro estejam a ser envolvidas” no processo de mudança. Os trabalhos de melhoria das casas do bairro são há muitos anos reclamados por quem vive no local e vão custar aos cofres da câmara um milhão e 500 mil euros. De todos os bairros sociais do Programa Especial de Realojamento do concelho de Vila Franca de Xira, o Bairro Azul da Póvoa de Santa Iria era dos que mais necessitava de uma intervenção urgente. No final de Dezembro já ficaram concluídos os trabalhos de requalificação dos espaços exteriores do bairro, que orçaram em 158 mil euros.

Obras obrigam moradores do bairro azul a mudar de casa

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido