uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
A actual presidência da câmara reconhece a importância desta casa 
Foto DR . Manuel Lopes Proprietário e gerente da Ortopedia & Saúde em Torres Novas

A actual presidência da câmara reconhece a importância desta casa 

Confessa que não é fiel às tradições. Diz também que apesar de já ter ido a Espanha, França, Brasil e Angola gosta de conhecer mais e melhor o mundo. Quanto à Feira Medieval, onde não vai tantas vezes quantas gostaria, diz que é positiva para a cidade e para o comércio local e deixa a sugestão de aumentar o espaço onde decorre para que os milhares de visitantes circulem mais à vontade.
Diz-se contente com as mudanças políticas verificadas a nível local e considera que o concelho de Torres Novas está em crescimento mas gostaria que houvesse mais incentivos “para criar motivação às pessoas”.
Sobre a sua empresa, Ortopedia & Saúde, que tem uma excelente localização na cidade, lamenta que, apesar de ter bastantes clientes fidelizados que conhecem bem a casa, não esteja a conseguir captar novos clientes.
Quando lhe é dada a possibilidade de se pronunciar sobre algo que não lhe foi perguntado no inquérito de O MIRANTE, não desperdiça a oportunidade de mencionar vários assuntos.
“Pretendo mostrar a minha gratidão ao município, nomeadamente à actual presidência, pelas alterações feitas a nível do estacionamento, na Avenida Sá Carneiro, junto ao meu estabelecimento. E foram também feitas rampas de acesso para pessoas com dificuldades motoras. Eram alterações pelas quais lutei muito tempo mas eram-me sempre referidos grandes obstáculos. Felizmente agora há um reconhecimento desta casa, que presta serviços ao nível da saúde e que tem muitos clientes com dificuldades motoras”.
A finalizar deixa um pedido. “Apesar da minha satisfação há uma lacuna que é a inexistência de estacionamento privado para utentes com dificuldades motoras, como por exemplo idosos. Alguns não são deficientes mas têm problemas físicos que lhes dificultam o acesso ao estabelecimento e se, em desespero de causa, estacionam nos lugares reservados a deficientes são multados. Ainda não existe sensibilidade perante as dificuldades dessas pessoas idosas”.

A actual presidência da câmara reconhece a importância desta casa 

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...