uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Azambuja é importante na estratégia para o turismo no Ribatejo
António Ceia da Silva foi o convidado de honra da homenagem ao campino na Feira de Maio

Azambuja é importante na estratégia para o turismo no Ribatejo

Na Feira de Maio, em Azambuja, o presidente da Entidade de Turismo afirmou que esse concelho vai ser um pólo do desenvolvimento do turismo no Ribatejo. Teceu elogios ao papel do município e dos seus cidadãos na arte de bem receber e na defesa daquilo que é genuíno.

Edição de 31.05.2018 | Cultura e Lazer

“Estamos a trabalhar numa nova linha de intervenção estratégica no turismo que terá em Azambuja um ponto essencial”. As palavras são do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Ceia da Silva, que foi o convidado de honra da homenagem ao campino na Feira de Maio em Azambuja.
Ceia da Silva confirmou que os “caminhos de Fátima vão ter em Azambuja um dos pontos fundamentais da sua afirmação”, assim como as rotas da cultura avieira e o desenvolvimento do turismo equestre. Relembrou ainda a candidatura do fandango a Património Cultural Imaterial da Humanidade, uma candidatura que, na sua opinião, tem “a alma do Ribatejo”.
O presidente da Entidade de Turismo salientou também que para desenvolver o turismo numa região não se pode ignorar que o que atrai investimento “é criar produto turístico”, pois o investidor só investe onde é expectável haver retorno. “Um destino turístico demora 30 anos a consolidar-se e nós só estamos a trabalhar nele há quatro anos, mas já começam a aparecer investidores interessados no Ribatejo”, disse.
Ceia da Silva sublinhou o papel dinâmico e activo da Câmara de Azambuja e a forma de estar na vida autárquica. “Se há algum factor essencial do turismo é a identidade, autenticidade, aquilo que é genuíno. E ver estes campinos, ver a forma como vivem a sua própria identidade e como amam a sua profissão é único no mundo e só é possível em Azambuja”.
Na cerimónia fez ainda um agradecimento à população que “tão bem sabe receber”: “Aqui em Azambuja não há só identidade, há das melhores pessoas que conheci na minha vida. Fui como peregrino a Fátima e nunca fui tão bem recebido como peregrino em lugar nenhum como em Azambuja, onde me abriram as portas e o coração”.

Azambuja é importante na estratégia para o turismo no Ribatejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...