uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Três mulheres pedalaram com mais de 300 homens em Marinhais

Três mulheres pedalaram com mais de 300 homens em Marinhais

O mundo das bicicletas ainda continua predominantemente masculino. Alexandra, Carla e Rute foram as excepções no percurso organizado pelo Núcleo de Cicloturismo “Os Cansados” que percorreu o concelho de Salvaterra de Magos.

Edição de 31.05.2018 | Desporto

Mais de 300 ciclistas de 45 equipas de todo o país participaram no domingo, 27 de Maio, em mais um passeio de cicloturismo “Os Cansados” de Marinhais, num percurso de 70 quilómetros que passou por Salvaterra de Magos, Glória do Ribatejo e Muge. E porque elas também não quiseram faltar ao encontro, O MIRANTE acompanhou três mulheres ciclistas do grupo e garante: animação e pedalada nunca lhes faltou.
A estrear-se neste passeio está Alexandra Bartolomeu. A pedalar há mais de 10 anos pelo Núcleo de Cicloturismo da Barquinha, a ciclista admite que as expectativas foram superadas. Só tem pena de o balão não ter levantado. “Gostava de ter experimentado. Mas foi bom conhecer os recantos deste concelho e poder conviver com os meus companheiros ciclistas”, revela. Também Carla Fernandes, do Núcleo de Cicloturismo do Penteado, e Rute Queiroz, do Vitória Clube de Lisboa, têm uma opinião positiva da iniciativa, dizendo que estava tudo muito bem organizado.
Alexandra, Carla e Rute dizem que andar de bicicleta está no topo das suas preferências, ficando a cozinha para um segundo plano. “A parte gastronómica não é o meu forte. Gosto mais de passear e conhecer novos locais”, revela a ciclista do Núcleo de Cicloturismo da Barquinha enquanto dá uma gargalhada.
E quando andam na estrada recebem muitos piropos dos automobilistas? Alexandra e Carla dizem que nunca ouviram palavras mais atrevidas, enquanto Rute admite que já lhe mandaram piropos: “Normalmente é do tipo: ‘oh jeitosa” ou “mexe o teu corpinho bom”, mas o que vale é que não ligo”. Alexandra acredita que o problema está no facto de haver ainda poucas mulheres no ciclismo. “Comigo os automobilistas costumam olhar para tirar a dúvida se é uma mulher ou não. São mais os ciclistas que passam por nós e metem-se connosco a dizer: ‘força que já falta pouco’. Mas, já estou habituada”, afirma.

Presidente da República foi convidado mas não pôde vir
Depois do acompanhamento com filmagem por um drone em 2016 e de um helicóptero em 2017, este ano a organização apostava na presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e de um balão de ar quente. Duas novidades que não chegaram a concretizar-se por indisponibilidade do Chefe de Estado e devido ao mau tempo. Ainda assim, adianta João Filipe, presidente do Núcleo de Cicloturismo “Os Cansados”, “continuamos a querer mais e para o ano vamos voltar a ter o balão, tal como o helicóptero, e vamos convidar novamente o Presidente da República”.
O passeio começou com a habitual bênção do padre de Marinhais junto ao cemitério. Seguiu-se uma paragem para abastecimento e, mais tarde, um almoço de convívio. O evento terminou com a entrega habitual de lembranças e prémios.

Três mulheres pedalaram com mais de 300 homens em Marinhais

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...