uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

EDP investe em subestação em Benavente

Novo equipamento promete melhorar a qualidade do serviço prestado nesse concelho

Edição de 31.05.2018 | Economia

A elevada utilização da subestação de Mexeeiro, que abastece Salvaterra de Magos e grande parte da indústria agroalimentar da zona, foi apontada pela EDP Distribuição como a principal razão para a construção de uma nova subestação em Benavente. A nova infraestrutura vai melhorar a qualidade do serviço da rede de distribuição, reduzir perdas energéticas e desactivar instalações em fim de vida útil em Benavente.
Segundo dados da EDP, a construção da subestação em Benavente vai custar cerca de 2,3 milhões de euros e vai ser construída num terreno propriedade da empresa.
A Câmara Municipal de Benavente já recebeu o projecto para a implementação dessa infraestrutura, mas ainda não foram tomadas posições. Carlos Coutinho (CDU), presidente da autarquia, confirmou que a câmara já visitou o local para onde está prevista a instalação da subestação e verificou-se que as linhas eléctricas estariam a sobrepor-se às edificações já existentes. A EDP adiantou à câmara que se trata de uma infraestrutura de pequenas dimensões, que respeitará a paisagem envolvente e que a rede de distribuição será feita por ligações subterrâneas.
Segundo informação da EDP Distribuição, a subestação de Benavente vai receber energia eléctrica entre 60 e 30 kV (quilovolts), distribuídos para cinco saídas de média tensão. A alta tensão é representada por valores a partir dos 60kV, abaixo desse valor trata-se de linhas de média tensão.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...