uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Centro Escolar de Santa Margarida encerrado até final do ano lectivo

Edição de 31.05.2018 | Sociedade

O Centro Escolar de Santa Margarida da Coutada, concelho de Constância, que foi encerrado no dia 6 de Abril devido aos maus cheiros de origem desconhecida, vai manter-se encerrado até ao final deste ano lectivo. A informação foi avançada pelo presidente da Câmara de Constância, Sérgio Oliveira(PS), na reunião do executivo de 24 de Maio.
O autarca esclareceu que “todas as pequenas intervenções para as quais tínhamos recursos humanos para as fazer, fizemo-las”. Agora uma empresa externa vai trabalhar nos equipamentos de aquecimento dentro do centro escolar, irá fazer a manutenção às caldeiras e vai seguir também a uma outra recomendação que vem no relatório do IPT (Instituto Politécnico de Tomar) que é a colocação da cobertura do chiller (aparelho de ar condicionado), que neste momento não está coberto. “Depois iremos contactar novamente o IPT para vir fazer um estudo à qualidade do ar para ver se os valores já estão dentro daquilo que é normal”, explicou.
Os custos para o município, com toda esta operação, “entre estudo do IPT, mais o estudo da empresa privada que chegou hoje e mais esta empresa especializada” deve rondar os 7 mil euros. “Isto sem contabilizar a intervenção directa daquilo que nós fizemos. No total serão entre 8 a 9 mil euros”, adiantou Sérgio Oliveira.
Quanto aos maus cheiros, actualmente não se verificam dentro do centro escolar “mas na rede pluvial, persistem”. A indicação que a autarquia tem do Delegado de Saúde é que “após a implementação de todas as recomendações, teremos de fazer um novo estudo à qualidade do ar para aferir se está tudo normal, dentro das normas de segurança para receber alunos, docentes e funcionários”, concluiu o autarca.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...