uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Avaliação de professores da Escola de Gestão de Santarém concluída

Processo referente ao período 2012-2014 arrastou-se no tempo e não chegou ao fim sem novo episódio caricato, envolvendo uma temporária falta de quórum numa reunião do Conselho Técnico Científico da escola.

Edição de 07.06.2018 | Sociedade

O processo de avaliação de professores da Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém (ESGTS) relativo ao período 2012-2014 ficou finalmente concluído neste mês de Maio, segundo disse a
O MIRANTE o director da ESGTS, Vítor Costa. Mas não terminou sem somar novo episódio caricato. No dia 18 de Abril, na reunião do Conselho Técnico Científico da ESGTS - órgão a quem compete conduzir a avaliação - o último ponto da ordem de trabalhos, referente à proposta de avaliação do professor Fernando Gaspar (a única que se encontrava pendente), foi adiado por falta de quórum. Mas, curiosamente, pouco tempo depois já havia um número suficiente de pessoas na sala para aprovar, por unanimidade, a acta dessa mesma reunião do Conselho Técnico Científico.
Uma situação estranha que foi objecto de exposição ao presidente do Instituto Politécnico de Santarém (IPS), Jorge Justino, por parte de Luís Fé de Pinho, professor do Departamento de Marketing da Escola de Gestão, a que pertence também Fernando Gaspar.
Fé de Pinho diz depreender da leitura dessa acta que os membros do CTC ausentaram-se sem justificação na altura da discussão desse ponto para assim impossibilitar a votação, “impedindo assim a conclusão do processo de Avaliação do Desempenho Docente no período 2012-2014”.

Ultimato do presidente do Politécnico foi ignorado
Recorde-se que perante o arrastar da avaliação dos professores da ESGTS, o presidente do Politécnico de Santarém já tinha estipulado um prazo até 20 de Fevereiro deste ano para o Conselho Técnico Científico fechar o processo. Mas o ultimato foi ignorado. O processo já devia estar concluído há um par de anos se tivesse decorrido com normalidade.
A avaliação dos docentes está prevista por lei e pelo regulamento do Politécnico de Santarém e os seus resultados são determinantes para progressão na carreira e subida de escalão remuneratório.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...