uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Novo campo de futebol para o Alhandra novamente num impasse
Foto DR Campo da Hortinha está muito degradado e sem condições para a prática desportiva

Novo campo de futebol para o Alhandra novamente num impasse

Limpeza do novo terreno será bastante onerosa e já se fala em renovar o Campo da Hortinha.

Edição de 14.06.2018 | Desporto

Os custos de limpeza do terreno que a Câmara de Vila Franca de Xira comprou à insolvente Cimianto, por 150 mil euros, com o intuito de ali ser construído o futuro campo de futebol do Alhandra Sporting Club (ASC), são demasiado onerosos e o clube não consegue suportá-los. Por esse motivo, é improvável que nos anos mais próximos seja construído ali o tão prometido novo campo de futebol de Alhandra.
O terreno em causa é onde está situado o aterro dos antigos inertes da produção da Cimianto, empresa que lidava com telhas e outros materiais de fibrocimento, que continham amianto, uma substância perigosa e potencialmente cancerígena. “Cumprimos com o compromisso que tínhamos, comprámos o terreno e há um documento com todos os direitos e deveres do ASC quando lhes cedemos aquele terreno. Um deles é o clube ser responsável pela retirada do aterro e realizar o lançamento do concurso para a empreitada de construção do novo campo. Mas, como eu supunha, as dificuldades começaram com a dificuldade em retirar dali o aterro”, explica Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira.
O autarca nota que actualmente o aterro não tem problemas do foro ambiental mas alerta que, “quando lhe começarmos a mexer vamos ter muitos problemas por isso há que ter muito cuidado em termos ambientais”, avisa.
Alberto Mesquita “continua convencido” que a melhor solução passa por requalificar por completo o actual Campo da Hortinha, que está em muito mau estado e sem condições dignas para os jovens ali praticarem desporto. “Evidentemente teríamos ali de fazer muita coisa, a começar pelo piso [é o único campo pelado do concelho] e pelas drenagens, para impedir futuras inundações”, explica. Actualmente há 350 mil euros ao dispor da câmara para fazer o próximo campo de futebol do ASC. Resta saber onde.
“Há momentos em que temos de virar agulhas e não podemos ficar parados. Estas coisas têm de ser analisadas com mais racionalidade e com menos paixão. Temos de pensar objectivamente qual é o melhor caminho a seguir”, explicou o autarca na última reunião pública do executivo.
O Campo da Hortinha está instalado em terrenos privados onde é paga uma renda pela ocupação do espaço. A solução pode passar pela negociação com os proprietários, aquisição por parte da câmara e requalificação completa do espaço. A reunião entre os proprietários do espaço e a câmara municipal deverá acontecer ainda este mês.

Novo campo de futebol para o Alhandra novamente num impasse

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques