uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Bolsas de Solidariedade no Hospital VFX batem número recorde
A cerimónia de entrega das bolsas de Bolsas de Solidariedade no Hospital Vila Franca de Xira realizouse no auditório Reynaldo dos Santos

Bolsas de Solidariedade no Hospital VFX batem número recorde

Aumentou o número de candidaturas e de projectos apoiados pela Fundação Amélia de Mello

Edição de 27.06.2018 | Sociedade

A Fundação Amélia de Mello, com a colaboração do Conselho para o Desenvolvimento Sustentado (CDS) do Hospital Vila Franca de Xira, entregou na manhã de 20 de Junho, 150 mil euros de apoios a associações dos cinco concelhos servidos pelo hospital, no âmbito das bolsas de solidariedade.
A verba servirá para financiar 13 projectos nas áreas da toxicodependência e da demência. A esta quinta edição das bolsas candidatou-se um número recorde de associações e aumentou também o número de associações apoiadas, como explica Maria da Luz Rosinha, líder do Conselho para o Desenvolvimento Sustentado do hospital.
“A área preferencial de apoio era a demência. Com o aumento da esperança média de vida há uma grande degeneração mental que afecta muita gente e por isso tendo em consideração que no quadro da saúde não há protocolos específicos para esta área e os apoios são reduzidos, entendemos que devíamos ter apoiado. Vamos mais uma vez conseguir ajudar um número elevado de pessoas”, explica Maria da Luz Rosinha a O MIRANTE.
Acrescenta que a próxima edição das bolsas de solidariedade, prevista para 2019, já está em estudo e incidirá sobre a área da formação, dos cuidadores e dos técnicos que lidam com pessoas com deficiência mental. “Queremos constituir-nos como ajuda para todas estas entidades que intervêm directamente no terreno. São respostas muito exigentes e que só agora começam a ser equacionadas”, refere.
Jorge Quintas, da Fundação Amélia de Mello, agradeceu aos mecenas que permitem a entrega das bolsas e destacou o papel de cidadania da Fundação, que permite que o “trabalho extraordinário” feito pelas associações que venceram as bolsas “possa continuar a ser melhorado”. Além de Salvador de Mello, presidente do conselho de administração da José de Mello Saúde, que gere a unidade de Vila Franca de Xira, a sessão contou também, entre outros, com a presença de Vasco Luís de Mello e de Pedro Bastos, administrador executivo do hospital, Eduardo Proença de Carvalho, membro do CDS do hospital, e Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira.
Esta foi a quinta edição das bolsas de solidariedade, que se realizam desde o primeiro ano em que o novo hospital de Vila Franca de Xira abriu ao público. Desde então já foram dados 470 mil euros a associações dos concelhos de Vila Franca de Xira, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja e Benavente.

As entidades contempladas

Nesta edição foram apoiadas a Associação Famílias em Movimento, Associação do Hospital Civil e Misericórdia de Alhandra, Associação para a Integração de Pessoas com Necessidades Especiais (AIPNE), Associação de Promoção Social de Castanheira do Ribatejo (APS), Associação de Reformados e Idosos da Póvoa de Santa Iria (ARIPSI), Centro de Recuperação Infantil de Benavente (CRIB), Centro Social Para o Desenvolvimento São Tiago dos Velhos, Centro Social e Paroquial de Aveiras de Cima, Centro Social e Paroquial de Azambuja, CERCI Póvoa, CERCI Tejo, Fundação CEBI e Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira.

Bolsas de Solidariedade no Hospital VFX batem número recorde

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...