uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Instalações do IPDJ em Santarém degradadas e subaproveitadas
Câmara de Santarém quer criar no edifício uma casa da juventude

Instalações do IPDJ em Santarém degradadas e subaproveitadas

Câmara de Santarém está em contacto com o Governo no sentido de recuperar o espaço e dar-lhe novas utilizações.

Edição de 27.06.2018 | Sociedade

A Câmara Municipal de Santarém está interessada em aproveitar parte das instalações do IPDJ (Instituto Português do Desporto e Juventude) na cidade e disponível para avançar com as obras consideradas necessárias mediante protocolo a celebrar entre as duas entidades.
A autarquia teve reuniões com o anterior e o actual Governo nesse sentido, como referiu na última reunião do executivo o presidente Ricardo Gonçalves (PSD), referindo que a última reunião com o secretário de Estado do Desporto e Juventude tinha ocorrido há cerca de mês e meio. Os serviços camarários estão a fazer um levantamento sobre aquilo que é necessário fazer em termos de obras.
A intenção do município é ficar com a zona do rés-do-chão, onde se encontra o auditório e outros espaços, para ali criar uma Casa da Juventude. “A nossa perspectiva passa por converter o auditório num espaço que possa também ser utilizado pelas escolas”, afirmou a vereadora Inês Barroso (PSD), referindo que se está a trabalhar no sentido de um melhor aproveitamento das instalações, até porque actualmente o número de funcionários que ali trabalham é substancialmente menor do que há uns anos.
A vereadora referiu ainda que o edifício, onde em tempos funcionou uma pousada da juventude, não possui actualmente condições para alojamento. Para isso seria necessária uma intervenção de fundo ao nível do primeiro andar e cobertura. A ideia é fazer algumas obras no primeiro andar para lá instalar os serviços ali existentes e deixar o rés-do-chão vocacionado para actividades ligadas aos mais jovens.
O assunto foi levantado na última reunião de câmara pela vereadora Virgínia Esteves (PS), que aludiu ao estado de degradação em que se encontra o edifício, situado nas proximidades da Escola Secundária Ginestal Machado. A autarca sugeriu que essa escola pudesse utilizar o auditório para espectáculos e outras actividades e questionou se a câmara já encetou negociações para a celebração de um protocolo que possibilite a realização de obras naquele edifício.

Instalações do IPDJ em Santarém degradadas e subaproveitadas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...