uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

FC Alverca procura investidores para o futebol

Direcção conseguiu luz verde dos sócios para desenvolver contactos junto de possíveis interessados em injectar capital no projecto.

Edição de 05.07.2018 | Desporto

A direcção do Futebol Clube de Alverca (FCA) está “legitimada” pelos sócios para, “se o entender”, desenvolver contactos com potenciais interessados para constituir uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) que tome conta da gestão do futebol sénior do clube “já a partir da próxima época”.
No fundo, é uma operação semelhante a uma privatização do futebol sénior, em que uma empresa ou entidade, a troco de uma compensação financeira anual ao clube, fica com o comando da equipa sénior, numa lógica de ganhos em torno do negócio de jogadores, como já existe no vizinho Vilafranquense, que fez a mesma operação em 2013.
A decisão de legitimar a direcção do FCA para esta poder avançar ou não para uma SAD foi alcançada em assembleia-geral do clube, realizada na noite de 15 de Junho e onde só poderam votar sócios com quotas em dia e com mais de 12 meses de filiação. A legitimação foi aprovada por maioria.
O FC Alverca está de volta este ano aos nacionais, para competir no chamado Campeonato de Portugal, facto que exigirá ao clube um orçamento superior aos 60 mil euros dispendidos com a equipa de futebol na época passada.
A concretizar-se, esta será a segunda SAD a nascer no Alverca, depois da primeira, criada ainda na gestão do actual presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, ter acabado extinta com dívidas incobráveis de 2,5 milhões de euros.
Em 2011, em entrevista a O MIRANTE, o então candidato a presidente do Alverca, Fernando Orge, que se mantém desde então como presidente do clube, dizia que ter criado uma SAD fora “um erro muito grave”. Um erro que agora alguns sócios temem que não venha a dar bons frutos.
Câmara ajuda a pagar centro de formação
A decisão dos sócios surge também depois de, em Abril de 2017, a Câmara de Vila Franca de Xira ter celebrado publicamente um protocolo com o FC Alverca para atribuir um apoio financeiro de 256 mil euros para que este conseguisse acabar a construção do seu centro de formação, situado na rua da estação e que, nesta primeira fase, tem obra orçada em 810 mil euros, incluindo a construção de campos de futebol, balneários, secretaria e estacionamento.

Vilafranquense criou SAD há cinco anos

Precisamente em Junho de 2013 os sócios do União Desportiva Vilafranquense (UDV) também aprovaram em assembleia-geral a criação de uma SAD para gerir os destinos do futebol sénior do clube. O clube ficou com 10 por cento da operação e os restantes 90 por cento nas mãos de uma empresa privada que realiza gestão de carreiras e promove eventos desportivos. Uma forma do clube se livrar dos custos pesados do futebol sénior.
Aquando da aprovação da proposta a promessa dos novos gestores da SAD era ter dentro de cinco anos a equipa a jogar na Segunda Liga, o que ainda não aconteceu, mas este ano foi por pouco. A equipa chegou às meias-finais do Campeonato de Portugal.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques