uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Craques na arte de fintar toiros

Alexandre Carolino, do grupo de recortadores de Vila Franca de Xira, venceu o Concurso Internacional de Recortadores que decorreu na Praça de Toiros Palha Blanco.

Edição de 05.07.2018 | Sociedade

Alexandre Carolino, do grupo de recortadores de Vila Franca de Xira, venceu, na sexta-feira, 29 de Junho, o Concurso Internacional de Recortadores que se realizou na Praça de Toiros Palha Blanco, em Vila Franca de Xira. Alexandre, que começou como forcado e que leva esta actividade mais a sério há apenas três anos, ficou em segundo lugar na final do ano passado e venceu o Concurso de Recortes 2017 em Trillo, Espanha. Sobre a paixão por esta arte de “fintar” os toiros, afirma: “Quando experimentei, senti que era mesmo a minha arte”.
O grupo de recortadores de Vila Franca de Xira treina no jardim municipal por ainda não ter conseguido arranjar um espaço próprio. O vencedor de sexta-feira considera Vila Franca de Xira “a catedral do recortador”, pois sente que ali o público os acarinha e apoia mais: “Este troféu, além de ser pelo meu pai, é por esta gente toda que está aqui a apoiar-nos. É lindo. As pessoas vêem-nos a treinar no jardim, vão ter connosco e dizem-nos que nos querem ver actuar”.
Fran Martinez “Panchito”, Jonathan Castaño e o também vilafranquense Fernando Silva foram os outros finalistas do concurso dessa noite que constitui a segunda etapa do Circuito Nacional de Recortadores Arte Lusa 2018 e conta para a participação na final, que se realizará também na Palha Blanco, em Outubro.
A decisão do júri em atribuir o terceiro lugar a Fernando Silva não foi do agrado do público que vaiou a decisão por esperar uma melhor qualificação do concorrente de Vila Franca de Xira. Fran Martinez “Panchito” ficou em segundo lugar e Jonathan Castaño em quarto.
Além dos quatro finalistas, participaram mais oito recortadores portugueses e espanhóis: Kaly Cardoso (Vila Franca de Xira), Fábio Magalhães (Ilha Terceira, Açores), Tiago Pais (Vila Franca de Xira) e os espanhóis Antonio Ojeda, Fran Leguiche, Diego Navarrete, Rafa Espada e Pablo Garcia Benito. Os chefes de lide foram Jesus Robla “Xexu” e Juan José Majete.
A primeira etapa deste circuito realizou-se na Praça de Toiros Dr. Ortigão Costa, em Azambuja, em Maio passado e teve como vencedores Antonio Ojeda (1º lugar), Ivan Cachero (2º lugar) e Fernando Silva (3º lugar).

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido

    Destaques