uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Técnicos da Inspecção-Geral de Finanças na Câmara de Benavente
Inspectores estão na Câmara de Benavente há duas semanas a analisar vários processos e o presidente, Carlos Coutinho, diz que está tranquilo

Técnicos da Inspecção-Geral de Finanças na Câmara de Benavente

Inspectores estão a analisar processos relacionados com obras e pessoal. Em causa estão denúncias nas redes sociais. Presidente da câmara diz-se “tranquilo” quanto às conclusões dos inspectores, que estão há duas semanas no município.

Edição de 12.07.2018 | Sociedade

Um grupo de técnicos da Inspecção-Geral de Finanças (IGF) está há duas semanas na Câmara de Benavente a passar a pente fino um conjunto de denúncias avançadas ao longo dos últimos meses nas redes sociais.
Os inspectores estão a analisar procedimentos e documentação em torno das suspeitas lançadas pela concelhia do Partido Socialista nos últimos meses, em relação a um conjunto de obras em edifícios de membros da CDU local, alegadamente feitas sem licença camarária nas freguesias de Samora Correia e Benavente. E, também, suspeitas face ao recente processo disciplinar ao vereador do PS Pedro Pereira, enquanto funcionário do município, e os vários pedidos de mobilidade – cinco até ao momento – que foram dando entrada nos serviços municipais desde o início do ano.
Os inspectores estão a usar a sala destinada aos vereadores da oposição como base de operações. “As inspecções em curso incidem sobre um conjunto de situações denunciadas nas redes sociais, algumas delas não são novidades. São suspeições que se levantaram. As investigações em curso não são ao presidente da câmara, são ao funcionamento e legalidade das acções do município. São muitas matérias em análise e os inspectores sabem do que vêm à procura. Temos colaborado e cá estaremos para clarificar todas as dúvidas. Estamos tranquilos”, explica Carlos Coutinho (CDU), presidente do município a O MIRANTE.
O autarca assegura que a situação pode ser útil para “clarificar” o que classifica de “suspeições” que foram colocadas na praça pública nos últimos meses. Entre as questões que os inspectores analisam está um comunicado do PS de Benavente, de 19 de Junho, onde é dito que um chefe de divisão terá favorecido com boas notas de classificação as testemunhas que prestaram depoimento contra o actual vereador socialista, e à data funcionário da autarquia, Pedro Pereira.
Na última reunião pública de câmara o assunto foi também levantado pela bancada dos vereadores do PS, que quiseram saber por que motivo o presidente do município não os informou da inspecção em curso.

Técnicos da Inspecção-Geral de Finanças na Câmara de Benavente

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido