uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Sónia Prates

Sónia Prates

Cake Designer na “Doce Saudade”, 33 anos, Torres Novas

Edição de 19.07.2018 | Agora Falo Eu

Quem gostava de convidar para lanchar? Gostava de convidar para lanchar, no meu espaço, Julia Child, uma chef de renome dos EUA. Bem humorada, simples e original.

Qual o alimento que não comia nem que lhe pagassem? Orelha de porco. Nunca experimentei nem tenciono fazê-lo.

Qual foi a melhor viagem que fez até hoje? A melhor viagem que fiz foi a Nice (França). Foi na minha lua-de-mel. Foi um momento muito especial.

Gosta de comemorar o seu aniversário? Qual o melhor presente que já recebeu? E o mais divertido? Gosto muito de comemorar o meu aniversário mas não consigo escolher o presente melhor ou mais divertido que recebi até hoje.

Ler jornais é saber mais? Sim. É importante ler e formar uma opinião pessoal sobre os assuntos tratados.

Qual a tradição que nunca podemos deixar morrer? O bom convívio que os portugueses fazem tão bem! A sardinha no pão, um piquenique no pinhal, uma boa festa popular.

Quais as qualidades que mais aprecia numa pessoa? Humildade, perseverança e honestidade.

O que tem que fazer um homem para ser um verdadeiro homem? Acho que para se ser um verdadeiro homem ou uma verdadeira mulher temos de ser verdadeiros connosco e com os outros.

De quantas horas de sono precisa para acordar bem disposta? Tenho que dormir, pelo menos sete horas. Dormir pouco deixa-me doente. Nunca fui de fazer noitadas.

Alguma vez escreveu um poema? Sim, na escola. Mas sempre gostei mais de prosa.

Tem a profissão que gostaria de ter? Sim. Neste momento estou a concretizar um sonho antigo. Tenho uma loja de cake design e gosto muito daquilo que faço.

Como é um dia bem passado? Um dia bem passado é acordar sem despertador, tomar o pequeno-almoço feito pelo marido, almoçar com a família, dormir a sesta e ver um bom filme.

Gostaria de viver numa cidade sem semáforos nem sinais de trânsito? É como vivo neste momento. Vivo no Polinho de Cima, em Casével, concelho de Santarém. Gosto muito. É um sítio muito tranquilo que é o que preciso depois de um dia de trabalho.

Durante quanto tempo é capaz de guardar um segredo? Toda a vida. Há segredos que são só nossos.

Gosta de ir votar? Sim. É um direito mas também é um dever. Todos devemos exercer o nosso direito ao voto.

Fecha a água enquanto escova os dentes ou quando se ensaboa no banho? Sim, sempre. Penso/espero que hoje em dia a população está alerta para este tipo de questões.

Alguma vez deu sangue? Nunca dei mas foi por motivo de saúde.

Quantos verdadeiros amigos acha que tem? Poucos, mas considero a família os meus verdadeiros amigos. Fazem parte da minha história.

Tem alguma superstição ou hábitos regulares? Como não tenho dois dias iguais não chego a criar hábitos. E não sou supersticiosa.

Do que é que sente mais saudades? Sinto muitas saudades da minha infância. Nunca tive pressa de crescer pois percebi muito novinha que aquela seria a melhor fase da minha vida.

Se visse alguém deitar lixo para o chão dizia-lhe alguma coisa? Sim, dizia.

Sónia Prates

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...