uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
O fiscal dos refeitórios

O fiscal dos refeitórios

A Câmara de Vila Franca de Xira aprovou uma proposta de fornecimento de refeições confeccionadas para os refeitórios municipais para os anos de 2019, 2020 e 2021. O ponto deu alguma discussão porque os vereadores da CDU consideraram que o serviço, sendo privado, pode ser um convite a que a qualidade da comida se possa vir a degradar no futuro, como acontece em alguns refeitórios de empresas ou até nas escolas secundárias a cargo do Ministério da Educação. O vereador socialista António Félix veio em defesa da proposta garantindo que praticamente todos os dias come no refeitório municipal e que por isso ele é “o principal fiscal” para poder aferir, no momento, se a comida está a ser boa ou não. Garantiu que o número de refeições servidas tem vindo a subir nos últimos anos - passando de 27 mil em 2015 para as actuais 35 mil - sinal de que os trabalhadores estão a começar a ir mais aos refeitórios da câmara. Logo, defendeu, se a comida não fosse boa ninguém quereria lá ir almoçar. E com vereadores de olfacto apurado, toda a gente pode comer descansada, sem medo de apanhar alguma indigestão...

Edição de 19.07.2018 | Cartoon da noticia
O fiscal dos refeitórios

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...