uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Bilheteira da estação de Alhandra passa a abrir só às sextas-feiras

Bilheteira da estação de Alhandra passa a abrir só às sextas-feiras

Autarcas e utentes estão indignados com a decisão e exigem respostas

Edição de 19.07.2018 | Sociedade

A partir de segunda-feira, 16 de Julho, as bilheteiras da estação de comboios de Alhandra, concelho de Vila Franca de Xira, passaram a abrir apenas uma vez por semana, às sextas-feiras, entre as 07h00 e as 12h00 e de tarde entre as 13h30 e as 15h15. Ao dispor dos clientes ficam apenas as máquinas automáticas para compra de bilhete, que nem sempre estão em perfeitas condições de funcionamento e onde os mais velhos têm dificuldades em utilizar. O encerramento da bilheteira vai tornar mais difícil também a obtenção de informações sobre os horários e destinos dos diferentes comboios da linha do norte. Além das bilheteiras também a totalidade do edifício vai encerrar portas nesse período. A CP explicou à Câmara de Vila Franca de Xira que o fecho tem carácter “temporário” e está relacionado com o período de férias do pessoal, estando prevista a reabertura a partir do final de Agosto. Além das máquinas automáticas de venda de bilhetes os passageiros poderão também comprar os títulos a bordo junto do revisor do comboio.
A decisão apanhou os utentes de surpresa e a junta de freguesia está indignada com a situação, já tendo solicitado ao conselho de administração da Comboios de Portugal (CP) um esclarecimento sobre o motivo do encerramento. Teme-se também que, com a falta de um funcionário nas bilheteiras, possa vir a aumentar o vandalismo e a insegurança na estação.
“Na missiva que enviámos manifestamos a total oposição ao encerramento ou redução do horário de funcionamento das bilheteiras da estação, porque se trata de um serviço indispensável à população. Esta estação necessita de um serviço presencial de atendimento nas bilheteiras. São muitas as pessoas que a utilizam, muitas das quais idosas, que não sabem utilizar os meios automáticos”, critica Rudolfo Correia, secretário do executivo da junta.
O autarca lembra também que, além do encerramento das bilheteiras, “acresce a ausência de uma sala de espera, muito frequentada, nomeadamente nos dias com condições climatéricas adversas. Muitas são as razões para a existência deste serviço na estação da CP em Alhandra, pelo que não compreendemos, nem aceitamos, qualquer tentativa de encerramento ou redução de horário de funcionamento”, critica.

Bilheteira da estação de Alhandra passa a abrir só às sextas-feiras

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...