uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Elevador em Coruche para ligar à Nossa Senhora do Castelo

Elevador em Coruche para ligar à Nossa Senhora do Castelo

Município apresentou projectos de mobilidade e de requalificação paisagística que prometem mudar a face de algumas zonas da vila.

Edição de 19.07.2018 | Sociedade

Um elevador para ligar a parte baixa à zona alta de Coruche e um novo espaço para receber feiras são algumas das propostas dos projectos “Mobilidade para todos na Calçadinha” e “Requalificação Paisagística da Calçadinha”.
O objectivo, refere o presidente do município, Francisco Oliveira (PS), é dar uma nova cara à Calçadinha e também permitir que quem ande em cadeira de rodas possa fazer o percurso entre Santo Antonino e a Igreja de Nossa Senhora do Castelo em segurança. Os dois projectos foram apresentados publicamente no sábado, 14 de Julho, no auditório do Núcleo Rural de Coruche – Centro de Artes, Ofícios e Saberes Tradicionais.
“Ainda pensámos colocar uma escada ou passadeira rolante mas teriam custos de manutenção mensais bem mais caros que o elevador vertical (as escadas entre 500 e 1250 euros e o elevador entre 100 a 200 euros)”, explica o autarca, referindo que o elevador, com capacidade máxima para 17 pessoas e duas cadeiras de rodas, terá uma cobertura exterior metálica para camuflar e não causar tanto impacto visual.
“Se a autarquia colocasse uma escada ou passadeira rolante, muitos idosos iriam recusar-se andar por medo”, admite o autarca. Já o elevador é algo que lhes é mais familiar. Além do elevador que ligará o parque de estacionamento (junto às escadas da Calçadinha) e a Igreja de Nossa Senhora do Castelo os projectos contam ainda com um passadiço em terra que ligará o elevador e Santo Antonino. Já a nível paisagístico, a autarquia pretende requalificar as escadas da Calçadinha, limpar as minas naturais e fazer caminhos de água, reforço da iluminação, arranjar os muros de contenção e criar espaços de lazer.
A Câmara de Coruche está também disponível para incluir nos projectos de requalificação da Calçadinha uma ligação ao tribunal e centro de saúde da vila. A ideia surgiu por parte da população presente na apresentação pública dos projectos, que se queixa da falta de acessibilidades ao estabelecimento de saúde. “Já que estamos a fazer estas obras, vamos aproveitar o momento para fazer uma ‘perninha’ entre o passadiço e o centro de saúde”, admitiu o presidente Francisco Oliveira.

Casas clandestinas vão ser retiradas
As casas construídas clandestinamente junto às escadas da Calçadinha vão ser demolidas. Sem saber ainda que solução a autarquia vai arranjar em relação aos habitantes das casas, o presidente do município, Francisco Oliveira (PS), garante apenas que não lhes irá dar uma casa. As habitações foram construídas há cerca de 30 anos e algumas já foram inclusive remodeladas.

Hotel junto à Nossa Senhora do Castelo

O presidente do município aproveitou a apresentação pública dos dois projectos para divulgar à população que o terreno que se encontra junto à Igreja de Nossa Senhora do Castelo foi adquirido pela autarquia. Agora, diz o autarca, a câmara aguarda que alguma empresa hoteleira se interesse em construir ali um hotel. “Coruche nestá a necessitar de espaços hoteleiros”, confessa.

Elevador em Coruche para ligar à Nossa Senhora do Castelo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...