uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Tejo ganha nova vida na Póvoa de Santa Iria

Tejo ganha nova vida na Póvoa de Santa Iria

Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e Ciclovia do Tejo foi inaugurado no sábado.

Edição de 19.07.2018 | Sociedade

O Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e Ciclovia do Tejo, um espaço de recreio e lazer na Póvoa de Santa Iria com 23 mil metros quadrados e uma via pedonal e ciclável de cerca de 2 km de extensão, que foi inaugurado no sábado, 14 de Julho, pode, no futuro, fazer a ligação entre o concelho de Vila Franca de Xira e o Parque das Nações, em Lisboa, sempre à beira-Tejo.
Esta etapa da requalificação da frente ribeirinha de Vila Franca de Xira atinge agora o limite sul, fazendo a ligação ao concelho de Loures, onde a continuidade da obra estará a cargo daquele município, que numa primeira etapa seguirá até ao rio Trancão e depois até ao Parque das Nações.
O parque, que representa um investimento de 2,3 milhões de euros, está equipado com estruturas desportivas para a prática de fitness, dois tanques de marés para aprendizagem de canoagem e vela, o edifício sede da Secção Náutica do União Atlético Povoense, hangar para as embarcações, cais, bem como 36 lugares de estacionamento. Destaca-se ainda a existência de lugares de estacionamento para utentes com mobilidade reduzida e a adaptação das estruturas desportivas aos mesmos.
A frente ribeirinha de Vila Franca de Xira conta já com um total de 12 km de extensão requalificada, dos 22 km totais do concelho, onde se incluem estruturas como o Parque Urbano Ribeirinho de Alhandra, o Caminho Ribeirinho entre Alhandra e Vila Franca de Xira, o Parque Linear Ribeirinho do Estuário do Tejo e este novo Parque Ribeirinho Moinhos da Póvoa e Ciclovia do Tejo.
Segundo Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, a autarquia está já a trabalhar no caminho ribeirinho entre Alverca e Sobralinho, um projecto orçado em 6 milhões de euros, que a autarquia desenvolverá independentemente de conseguir, ou não, apoios comunitários. A requalificação da margem ribeirinha da Vala do Carregado e a construção de um Museu da Indústria, inserido no parque inaugurado este sábado, são outras das fases da requalificação da frente ribeirinha que já estão projectadas.
A inauguração iniciou-se com um momento de recolhimento em memória de João Quítalo, presidente da assembleia municipal nos mandatos 2009/2013 e 2013/2017 e eleito na Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santa Iria nos mandatos 1998/2001 e 2005/2009, falecido na última sexta-feira..

Mais ciclovias, menos poluição

O presidente da Câmara de Vila Franca de Xira disse a O MIRANTE que a autarquia já possui estudos sobre o uso da bicicleta pela população e que a câmara municipal tem vindo a fazer protocolos com a Federação Portuguesa de Ciclismo para estimular os jovens a utilizarem este veículo: “Ao contrário do passado, em que não havia muitas bicicletas, mas uma das primeiras coisas que os pais da minha geração faziam era quase obrigar os jovens a aprenderem a andar de bicicleta, hoje já não é tanto assim. Há também o aspecto de criarmos as ciclovias em todo o nosso território, cerca de 100 quilómetros de ciclovias, para as pessoas poderem utilizar as bicicletas e, através disso, não andarem tanto no transporte próprio e fazerem exercício físico para serem pessoas mais saudáveis”.

Tejo ganha nova vida na Póvoa de Santa Iria

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...