uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Os cães de Carreiro de Areia e a utópica política do abate zero

Edição de 03.08.2018 | O MIRANTE dos Leitores

Não é só no Carreiro da Areia, no concelho de Torres Novas, que há matilhas que amedrontam populações. Isso acontece regularmente em vários outros locais, pese embora nem sempre ser notícia e O MIRANTE também tem relatado casos de cães que atacam rebanhos, nomeadamente nas zonas rurais do concelho de Abrantes, por exemplo.
Quanto à lei que proíbe o abate de cães pelos veterinários municipais, acho que é só para tranquilizar consciências uma vez que sem canis para tanto animal e sem possibilidade de abater alguns, ao mesmo tempo que esses cães vadios se continuam a reproduzir, a lei não será cumprida.
No entanto, se vier a ser levado à risca, o que vai começar a acontecer é as pessoas começarem elas próprias a defenderem-se e a defenderem os seus rebanhos, seja a tiros de caçadeira ou com veneno.
Os amigos dos animais, por muita vontade que tenham, não conseguem tratar deles todos e não conseguem convencer os municípios a aumentar os orçamentos na secção destinada a canis quando a prioridade em termos sociais são as pessoas e há milhares sem casa condigna.
Zeferino João Castanho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...