uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Corpo de idoso desaparecido há quatro meses encontrado junto à ribeira do Alvorão
Anabela Mecha, nunca desistiu de procurar o seu pai, Manuel Oliveira, que estava desaparecido há quatro meses

Corpo de idoso desaparecido há quatro meses encontrado junto à ribeira do Alvorão

Manuel Oliveira residia no Bairro, Ourém. No dia 20 de Março apanhou boleia com freiras após ter tido alta do hospital, pediu para ficar na zona de Chancelaria. Agora foi encontrado morto na Ribeira do Alvorão.

Edição de 03.08.2018 | Sociedade

Manuel Oliveira, de 83 anos, que estava desaparecido há quatro meses depois de ter tido alta do Hospital de Abrantes, foi encontrado ao final da tarde de segunda-feira, 30 de Julho, em avançado estado de decomposição, na zona da ribeira do Alvorão, na estrada que liga Chancelaria a Torres Novas. Foram dois adolescentes, de 17 e 15 anos, de Carvalhal de Aroeira, que se deslocaram para o local de bicicleta para apanhar lagostins como costumam fazer. Assim que descobriram o corpo chamaram a Polícia de Segurança Pública (PSP). O corpo de Manuel Oliveira estava num terreno privado, dentro de água, junto à Quinta do Casal do Alvorão e só ficou visível uma vez que o nível da água baixou.
A filha de Manuel Oliveira, que não tinha desistido de procurar o pai, foi informada pela PSP de Abrantes que lhe deu a notícia já à noite. “O corpo do meu pai foi levado para o Gabinete Médico-Legal de Tomar que funciona no Hospital de Tomar e agora vai ter que ser feita a autópsia. Pelo menos agora vou poder, finalmente, fazer o luto e o funeral que o meu pai merece”, afirma a O MIRANTE Anabela Mecha, na terça-feira.
O MIRANTE conversou com Anabela Mecha um dia antes do aparecimento do corpo do seu pai e esta contou ao nosso jornal que continuava a ir diariamente a casa do seu pai, na localidade de Bairro, concelho de Ourém, dar comida às ovelhas. A filha do desaparecido confessou a O MIRANTE
que, por vezes, quando ia a casa do seu pai tinha esperança de o encontrar lá.
Devido ao desaparecimento de Manuel Oliveira, Anabela Mecha estava sem poder mexer nas contas do progenitor e, caso pensasse nisso, também não podia vender a casa ou os terrenos de Manuel Oliveira porque não existe uma certidão de óbito. Agora que o corpo foi encontrado todas estas situações vão ser desbloqueadas.

Desapareceu depois de ter tido alta
Manuel Oliveira desapareceu depois de ter apanhado boleia com umas freiras após ter alta do Hospital de Abrantes. O idoso desapareceu no dia 20 de Março após as freiras da Comunidade das Irmãs de São José de Cluny, em Torres Novas, o terem deixado junto aos semáforos de Chancelaria. Na altura, a freira Maria Adelaide Oliveira, que transportou o idoso, ofereceu-se para lhe dar boleia. Manuel Oliveira aceitou e quando chegaram à Chancelaria disse que ficava ali porque morava perto.
Depois de ter saído da carrinha, Manuel Oliveira quis gratificar Maria Adelaide com uma nota de cinco euros. A freira recusou e ainda viu Manuel Oliveira a andar no sentido de Torres Novas, facto que lhe pareceu estranho, por isso voltou a perguntar se queria que o levasse à porta de casa. Manuel respondeu que já estava perto, agradeceu a boleia e ficou em Chancelaria.
Manuel Oliveira tinha dado entrada na urgência do Hospital de Torres Novas no dia 19 de Março, acompanhado pelos bombeiros, visto que se sentiu mal e vivia sozinho. Depois de ser avaliado foi encaminhado para a urgência do Hospital de Abrantes para fazer exames. A filha refere que esteve sempre em contacto telefónico com o hospital para saber do estado de saúde do pai.
O hospital informou-a de que Manuel teria de fazer vários exames e que não valia a pena deslocar-se a Abrantes sem que o hospital a informasse da alta do pai. Manuel Oliveira foi avaliado pelo médico e teve alta às 00h12 de dia 20, tendo decidido sair do hospital sem avisar a família.

Corpo de idoso desaparecido há quatro meses encontrado junto à ribeira do Alvorão

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...