uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Família de empresário que morreu em acidente pede indemnizações à Câmara de Santarém

Família de empresário que morreu em acidente pede indemnizações à Câmara de Santarém

Duas acções, no valor global de 645 mil euros, estão a correr no Tribunal Administrativo de Leiria. David Clemente morreu num choque frontal contra o betão da rotunda do campino, em Santarém, em Março de 2014. Viúva avançou também com uma petição a exigir a reformulação dessa rotunda que acabou por ganhar um âmbito mais amplo e chegou à assembleia municipal.

Edição de 10.08.2018 | Sociedade

A família do empresário que em 17 de Março de 2014 morreu num acidente de viação na rotunda de homenagem ao campino, junto ao Centro Nacional de Exposições, em Santarém, interpôs duas acções no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria onde reclama indemnizações à Câmara de Santarém nos valores de 555 mil euros e 90 mil euros, por considerar que a segurança rodoviária no local não está devidamente acautelada. David Clemente morreu na sequência de um choque frontal da sua viatura contra a estrutura em betão da rotunda.
Contactada por O MIRANTE, a Câmara de Santarém, através do Gabinete de Apoio ao Presidente, diz-se “convicta quanto à obtenção de mérito nas causas, porém é manifestamente cedo, atendendo às fases processuais em curso, a adopção de qualquer tomada de posição concernente a acordos extrajudiciais”. Já a viúva de David Clemente não se quis pronunciar sobre os processos, por ainda se encontrarem a decorrer.
Petição quer acabar com betão nas rotundas
Esse acidente esteve também na origem de uma petição popular posta a circular na Internet a defender a reconstrução da rotunda do campino, com a demolição da estrutura em betão. “Sem essa estrutura de betão, que foi construída para colocar uma estátua, a morte do David poderia ter sido evitada”, lê-se no texto da petição. O grupo de cidadãos diz-se convicto que “poderão ser evitados acidentes graves e poupar vidas, com a remoção da estrutura de betão dessa rotunda”, mas até à data nada foi feito no local.
A petição chegou à assembleia municipal em Fevereiro de 2016 com uma designação mais abrangente, “Destruição das estruturas de betão das rotundas”, e reforçou a necessidade de garantir melhores condições de segurança nessa e noutras rotundas da cidade, consideradas verdadeiras armadilhas. Na altura, a Assembleia Municipal de Santarém constituiu uma comissão para a elaboração de um relatório respeitante à petição.
Dois anos passados não se descortinam grandes mudanças nas rotundas da cidade, começando logo pela rotunda do campino. “Ainda continuo a aguardar pelas obras que supostamente deveriam de ser feitas este ano”, disse ao nosso jornal a viúva de David Clemente, Dina Clemente, lamentando a demora na tomada de medidas.
O MIRANTE questionou a Câmara de Santarém sobre o que pensa fazer na sequência dessas recomendações. Paulo Tiago Santos, do Gabinete de Apoio ao Presidente, respondeu que “no âmbito dos planos municipais de segurança rodoviária, estudo contratado pela CIMLT à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) foram identificadas soluções técnicas, que se encontram a ser acomodadas e consideradas pelos serviços técnicos do município, para posterior aplicação”.

Esculturas estão a ser reparadas

Os elementos escultóricos da rotunda do campino foram retirados há anos devido à degradação e vandalismo. Segundo informação do Gabinete de Apoio ao Presidente, as esculturas encontram-se em processo de reparação, “contudo é de salientar a complexidade da intervenção necessária, atendendo à extensão dos danos e à especificidade do material construtivo”. E acrescenta que a reposição das esculturas “far-se-á logo que esteja concluída a sua reparação”.

Família de empresário que morreu em acidente pede indemnizações à Câmara de Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido